ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Campo Grande amanhece sem transporte coletivo

Sem pagamento, funcionários anunciam greve e usuários são pegos de surpresa

Por Ana Oshiro e Gabriel Neris | 21/06/2022 06:21
Ônibus parados na Viação Cidade Morena nesta terça-feira (Foto: Direto das Ruas)
Ônibus parados na Viação Cidade Morena nesta terça-feira (Foto: Direto das Ruas)

Nesta terça-feira (21) não haverá transporte coletivo em Campo Grande. A greve não foi anunciada antecipadamente e pegou muitos usuários de surpresa. A decisão da paralisação foi tomada pelo Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo e, de acordo com o presidente Demétrio Freitas, a greve vai durar por tempo indeterminado.

Segundo Demétrio, os veículos não saem das garagens hoje, mesmo que o pagamento seja efetuado ainda nesta terça-feira, e a única conversa que tiveram com o consórcio foi o aviso da falta de pagamento. “Independente se pagar hoje, conforme os motoristas estão chegando, vão sendo dispensados”, disse ele ao Campo Grande News.

Para garantir que a paralisação, Demétrio chegou às 2h30 na garagem da Jaguar, na Vila Bandeirantes, para impedir que o carro usado para buscar os primeiros motoristas saísse do local. Funcionários que trabalham nas garagens e no administrativo estão liberados da paralisação.

"Fomos pegos de surpresa, a passagem um absurdo e ainda nos deixam na mão. Tive que pedir um uber, vou pagar quase R$ 40,00 e não ganho isso em um dia de trabalho. No fim a gente que fica no prejuízo", desabafou Adriele Oliveira, que é usuária do transporte coletivo e sempre pega o ônibus 307/308 no Coophamat.

A decisão de paralisar os serviços foi tomada depois que o Consórcio Guaicurus encaminhou um ofício aos trabalhadores anunciando que a situação financeira do grupo é “bastante grave” e não haveria condições de quitar compromissos “inadiáveis”, como pagamento de funcionários e fornecedores. O repasse do vale referente a 40% do salários dos trabalhadores já não foi realizado nesta segunda-feira, segundo advogado do consórcio.

Nos siga no Google Notícias