A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/07/2012 18:20

Carro de empresário assassinado é encontrado em Capitan Bado, no Paraguai

Francisco Júnior e Nadyenka Castro
Bandido que ordenou execução é transferido para o Garras (Foto: Rodrigo Pazinato)Bandido que ordenou execução é transferido para o Garras (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi encontrado em Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia, o carro do empresário Alberto Raghiante Junior, de 55 anos, assassinado junto com a estudante Luzia Barbosa Damasceno Costa, de 25 anos, durante um assalto, em Campo Grande, ocorrido na noite da última terça-feira (3).

De acordo com a Polícia, o veículo Hyundai Azera de cor preta foi localizado na tarde de ontem (5). A perícia no carro será feita pela Polícia do Paraguai. Ele só deverá ser trazido para Campo Grande na próxima semana.

A investigação que terminou com a apreensão do veículo foi feita em conjunto por policiais de Campo Grande e Ponta Porã.

A Polícia suspeita que o veículo entrou no país vizinho por Coronel Sapucaia.

Continua foragido Julielton Aparecido Gonçalves, 20 anos, suspeito, conforme as investigações policiais, teria ficado com o veículo após a execução das vítimas.

A Polícia trabalha ainda para identificar o mentor do crime. A suspeita é de que seja um detento de um presídio de Campo Grande.

Neidinaldo Nascimento da Silva, 20 anos, assassino confesso do casal que foi preso um dia depois do crime, disse que a intenção não era matar as vítimas, apenas roubar o carro. Mas, segundo ele, Gleisson Barros da Silva, conhecido como Paraná, que também já foi preso, ordenou que o empresário e a estudante fossem assassinados. “Não era para matar. Mas estava com cachaça e droga na cabeça”, disse quando foi apresentado pela Polícia à imprensa na 4ª Delegacia de Polícia.



Esses homens acabaram com a vida dos meus filhos, o pai deles não volta mais...
Que a policia siga em frente com a mesma competencia e empenho com que estão tratando do caso desde o começo. Aos delegados e policiais envolvidos, o meu Muito Obrigada!!
 
Etiennette Volpe em 06/07/2012 11:05:18
Olha, eu fiquei IMPRESSIONADO, com a memória do cara... gente, como ele sabia de tudo isso.. e tem mais, tudo foi na boa mesmo..... num cimples bate-papo rsrsrsrsrsr
 
Gilson Giordano em 06/07/2012 06:35:21
Me recordo do 1º assalto a banco - Bradesco na Bandeirantes - o delegado era o Licinio.... rrsr pegaram o primeiro BANDIDO e depois, tadinjho ele confesou tudo.. MAS TUDINHO MESMO. Ele deu nomes dos demais bandidos, data de nascimento, nomes dos pais, dos padrinhos de batismo de crisma, endereço, numeros das contas bancárias, rg, cpf, pasmes, até os números das cadernetas de vacinas... rsrsr rsrs
 
Gilson Giordano em 06/07/2012 06:34:20
Coronel Dib.... que saudade do Senhor, das suas austeras atribuições policiais..... o delegado Licinio, Castilho....Sinto saude desse pessoal que tinha cada equipe.. rrsrsrs. Hoje, bem, hoje um policial não DEVE - isso mesmo _ enconstar o dedo em um BANDIDO que vem a turma dos direitos humanos.. Pessoal, volte por favor!!!! A bem da verdqe exitem outros que no momento me fogem os seus nomes...
 
Gilson Giordano em 06/07/2012 06:31:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions