A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

07/03/2014 16:30

Carro pega fogo em garagem e chamas atingem sobrado em bairro

Zana Zaidan e Filipe Prado
Fogo destruiu carro, toldo da garagem e chegou ao banheiro do 2º andar (Foto: Marcos Ermínio)Fogo destruiu carro, toldo da garagem e chegou ao banheiro do 2º andar (Foto: Marcos Ermínio)

Um incêndio de grandes proporções em um sobrado na Rua da Pátria, no Bairro Taveirópolis, em Campo Grande, destruiu parte da cobertura do imóvel e chegou até o banheiro, no segundo andar. O fogo começou no interior de um veículo Tempra que estava estacionado na garagem, e foi comprado há cinco meses.

O dono da casa e do carro, o empresário Edson Manete, 43 anos, conta que se preparava para uma viagem a Glória de Dourados, a 265 quilômetros da Capital e, antes de começar a carregá-lo com as bagagens, notou que o painel do veículo estava em chamas.

“Tentei abrir e apagar com o extintor de incêndio, mas o carro não abria de jeito nenhum”, explicou Edson.

 

Edson, o dono da casa, tentou conter as chamas, mas as travas elétricas não funcionaram (Foto: Marcos Ermínio)Edson, o dono da casa, tentou conter as chamas, mas as travas elétricas não funcionaram (Foto: Marcos Ermínio)

Antes que o Corpo de Bombeiros chegasse, o fogo já havia atingido um toldo que cobria a garagem, de cerca de 2,5 metros de altura e, com o calor das chamas, uma cortina do banheiro, no segundo andar, chegou a derreter. O carro teve perda total.

“Foi um susto muito grande. Por outro lado, estou aliviado porque ia buscar minha família em Glórida de Dourados e, antes o incêndio ter começado quando ninguém estava dentro do que quando estivéssemos na estrada”, acrescenta Edson, que afirma ter comprado o Tempra há cinco meses, quando gastou cerca de R$ 3 mil somente em manutenção. O veículo não tem seguro.

O tenente do Corpo de Bombeiros, Márcio Roberto Marcelino, suspeita que um curto circuito na parte elétrica do carro tenha ocasionado o incêndio, o que explicaria o travamento das portas que impediu Edson de apagar o fogo. Foram usados 2,5 mil litros de água para acabar com o incêndio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions