ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Casa onde bandido foi baleado pela PM ficou banhada de sangue

Ladrão foi flagrado tentando furtar carros em shopping e foi morto após se enconder em residência

Por Ana Oshiro e Cleber Gellio | 02/07/2022 09:43

Imagens gravadas pelo dono da residência na Rua Botucatu, na Vila Taquarussu, em Campo Grande, onde um bandido foi baleado pela Polícia Militar na noite desta sexta-feira (1), mostram como a casa ficou após a intervenção policial. No vídeo acima ele conta como o ladrão invadiu a residência e mostra o local banhado de sangue.

Adão do Nascimento Silva, aposentado de 76, é o dono da casa, e por um "livramento" não estava no local no momento que o bandido invadiu a residência. Na manhã deste sábado, com ajuda do genro, ele lavava toda a residência para tirar as manchas de sangue.

"Moro em Maracaju, mas faço tratamento médico aqui em Campo Grande e tenho duas filhas que moram aqui na cidade, então essa casa é onde a gente fica quando vem visitar elas ou ir ao médico. Era pra gente estar aqui ontem, porque temos uma festa de família neste domingo, mas como eu passei mal na quarta-feira, lá em Maracaju, tínhamos adiado a vinda. Foi um livramento", contou o aposentado ao Campo Grande News.

Dono da casa, Adão mostra porta da cozinha retorcida (Foto: Henrique Kawaminami)
Dono da casa, Adão mostra porta da cozinha retorcida (Foto: Henrique Kawaminami)

De acordo com ele, uma vizinha foi quem avisou da situação e, por volta das 22h, ele e o genro saíram de Maracaju, a 159 km de Campo Grande, em direção a Capital. Ao chegar, encontrou a porta da cozinha e do quarto de casal arrombadas e muito sangue pelos cômodos. O bandido, que ainda não foi identificado, foi atingido por dois disparos.

"Fica o prejuízo, né? Já coloquei cerca elétrica, mas não tem jeito, é assim mesmo. Já fiz de tudo, mas para o ladrão não tem jeito. Já entraram outras duas vezes aqui em casa", desabafou Adão, enquanto terminava de limpar a a parte interna da residência. Segundo Adão, a faca usada pelo bandido é dele e estava na cozinha. "Nem fabrica mais esse tipo de faca, a polícia apreendeu, mas tenho um apego emocional e espero que devolvam", finalizou o aposentado.

Com ajuda do genro, Adão lavou a casa na manhã deste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)
Com ajuda do genro, Adão lavou a casa na manhã deste sábado (Foto: Henrique Kawaminami)

A reportagem conversou ainda com uma vizinha de Adão, que, com medo da situação, não quis se identificar, mas contou que estava na varanda dos fundos de casa, assistindo televisão com a filha, quando ouviu um barulho e viu o bandido pronto para pular dentro da casa dela.

"Ele tava em posição de pular já, gritei com ele falando que ia chamar a polícia, aí ele correu e pulou na casa do Adão. Quando vimos a polícia já estava aqui. Meu filho ajudou a arrombar a porta do vizinho e presenciou tudo, os policiais falaram várias vezes pro homem se entregar, mas ele não obedeceu e foi baleado", explicou a mulher de 50 anos.

Outros vizinhos relataram que o susto com a situação foi tão grande que só conseguiram dormir depois das 3h da madrugada. De acordo com um servidor público, de 59 anos, a falta de segurança é frequente na região. "Segurança tá bem ruim por aqui, vários familiares meus já foram furtados e outros vizinhos também", disse ele.

Vizinho registrou movimentação da PM no local (Foto: Henrique Kawaminami)
Vizinho registrou movimentação da PM no local (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias