A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

02/04/2012 18:31

Chuva derruba mais de 30 árvores, causa queda de energia e alagamento

Viviane Oliveira, Elverson Cardozo e Mariana Lopes
Árvore caída na Spipe Calarge. (Fotos: João Garrigó)Árvore caída na Spipe Calarge. (Fotos: João Garrigó)
Carros enfrentam a enxurrada. Carros enfrentam a enxurrada.

A chuva que caiu na tarde de hoje (2) em Campo Grande veio acompanhada de granizo, ventania e transtorno. De acordo com o meteorologista da Estação da Uniderp, Natálio Abraão, os ventos atingiram 53 km/h. A temperatura caiu de 36 graus para 24 graus, uma diferença de 12 graus.

O temporal causou alagamentos na área central e quedas de árvores e cabos de energia elétrica rompidos. Mais de 30 árvores caíram.

O trânsito ficou tumultuado e houve congestionamento em vários pontos, como na 14 de Julho e na Ceará, onde a rua ficou sem iluminação.

Em vários pontos da cidade, faltou energia, gerando mais de 200 chamados à Enersul, 150% a mais do que um dia normal.

No bairro Jóquei Clube, houve alagamento de uma residência. Na rua da Libra, na Vila Carlota, em frente ao abrigo Meninas dos olhos de Deus, a rede de energia se rompeu, derrubou o padrão e bloqueou a rua.

Marta Pereira da Silva, 50 anos, disse que assustou por causa do barulho. “Não esperava que fosse cair assim”, disse à mulher que já acionou a Enersul.

Uma árvore de grande porte caiu no canteiro, derrubou a fiação e interrompeu o trânsito na avenida Afonso Pena, entre a rua Vasconcelos Fernandes e a avenida Ernesto Geisel.

Quedas de árvores também causaram transtornos no cruzamento entre as ruas

Rui Barbosa e Hélio de Castro Maia, bem como na Spipe Calarge, onde atingiu um veículo Palio, de cor vermelha, em frente a um residencial.

Na região sul na rua das Margaridas no bairro Jóquei Clube, Antônia Rodrigues de Oliveira, 64 anos, disse que fazia tempo que não via um temporal como o de hoje. Ao lado da casa dela um galho caiu sobre um toldo, puxou a fiação e deixou a casa sem energia.

Cinco minutos de chuva foi o suficiente para inundar a rua das Hortênsias. Jaqueline Tutija, 31 anos, conta que a filha de 11 anos chegou chorando e assustada. “Minha filha está traumatizada por conta da última chuva que inundou a casa”, afirma.

Conforme o meteorologista Natálio choveu granizo na Moreninha, avenida Calógeras, Eduardo Elias Zahran e Cooparádio. No começo da tarde os termômetros registraram 36ºC e durante a chuva caiu para 24ºC.

De acordo com o meteorologista não tem previsão de chuva para amanhã.

Árvore bloqueia trânsito na Avenida Afonso Pena. (Fotos: João Garrigó)Árvore bloqueia trânsito na Avenida Afonso Pena. (Fotos: João Garrigó)


Choveu muito mesmo.O terminal Gal. Osório parecia que ia cair sobre nossas cabeças..
Foi muito tenso.
 
Alessandra do Amaral em 03/04/2012 08:43:51
Bom na hora de construir a primeira coisa é fazer calçada toda concretada e arrancar ás árvores, ai quando chove assim forte todo mundo fica assustado e querendo colocar a culpa no poder público, vamos cumprir a lei das calçadas e plantar árvores ai as coisas talvez melhoram!
 
Oswaldo Benites em 03/04/2012 08:17:52
Choveu granizo tbm próximo a Av. Coronel Antonino e Term. General Osório...
 
Andre Nunes em 03/04/2012 07:30:41
Se aquela mureta foi rompida pela força da enxurrada, imagine o que ela podia fazer com uma pessoa ou um carro?!!!! Essas chuvas que demoram dias a cair enquanto chove no estado inteiro e quando elas caem aqui, elas estão vindo em atacado. Isso é muito perigoso. As chuvas estão estranhas em Campo Grande. Na região do aeroporto praticamente choveu nada, apenas garoa, mas se via as "cataratas" cair.
 
Cristiano Arruda em 03/04/2012 01:30:31
choveu granizo na saida para cuiaba tambem, Jardim Presidente, Campo Belo etc
 
ANA GOMES em 02/04/2012 08:04:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions