ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Com 2 homicídios em um ano, garoto que matou na tabacaria é apreendido

Por Viviane Oliveira | 27/01/2017 09:32
Luciano foi morto a tiros dentro da tabacaria (Foto: reprodução/Facebook)
Luciano foi morto a tiros dentro da tabacaria (Foto: reprodução/Facebook)

Adolescente de 16 anos suspeito de matar a tiros Luciano Miguel de Jesus, 20 anos, e ferir Weslley Ribeiro Estigarrivio, 20 anos, na madrugada do dia 19 foi apreendido ontem (26) e encaminhado à Unei (Unidade Educacional de Internação) Novo Caminho.

O menino vai responder por ato infracional equivalente a homicídio qualificado pela traição. O caso ocorreu dentro de uma tabacaria, na avenida Senhor do Bonfim, no bairro Estrela Dalva, em Campo Grande.

No mesmo dia em que ocorreu o atendado, o garoto chegou a se apresentar à Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), acompanhado da mãe e de um advogado. Ele entregou o revólver calibre 38 usado no crime, prestou depoimento e foi liberado.

Os envolvidos, conforme a polícia, tinham rixas e há algum tempo, um cunhado do autor supostamente teria sido morto por amigos de Luciano depois de uma briga por causa de uma menina.

Crime - À polícia, um dos proprietário do estabelecimento relatou que atendia no local, quando o adolescente abriu a porta, sacou o revólver e disparou vários tiros contra as vítimas. Após o crime, o garoto fugiu. Os bombeiros foram acionados, mas Luciano não resistiu. Já Weslley baleado com dois tiros na região abdominal foi socorrido à Santa casa.

Segundo a polícia, esse é o segundo homicídio que o garoto comete em menos de um ano. O adolescente também é acusado de matar, Gleisson Felipe Vargas Lima, 19 anos, com três tiros no tórax, na rua Camila, no bairro Danúbio Azul, na madrugada do dia 28 de fevereiro do ano passado. Na ocasião, a vítima chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu aos ferimentos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário