A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/01/2015 11:30

Com baixo número de plaquetas, jornalista precisa de 5 bolsas de sangue por dia

Paula Maciulevicius

O jornalista Alcindo Rocha está precisando com urgência de doações de sangue. Com baixo número de plaquetas, Alcindo está internado no Hospital Regional Rosa Pedrossian em Campo Grande desde essa quinta-feira e precisa de cinco bolsas de sangue diariamente. 

As doações, de qualquer tipo sanguíneo, podem ser feitas no banco de sangue do Regional, da Santa Casa e do Hospital Universitário. Familiares e amigos reforçam que é preciso doar em nome de Alcindo Rocha.

Alcindo tem 33 anos e trabalha na Comunicação do Governo do Estado. Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 68 anos, estar bem de saúde, ter se alimentado e não ter consumido algum tipo de bebida alcoólica nas últimas 12 horas. A pessoa deve ir até o banco de sangue com um documento com foto (carteira de identidade, trabalho ou habilitação) no ato da doação. Jovens menores de 16 anos só podem doar mediante autorização dos pais ou responsáveis.

No Hospital Regional, o Hemonúcleo funciona no horário da manhã de segunda a sexta, das 7 às 12 horas, na Avenida Engenheiro Luthero Lopes, 36, no Bairro Aero Rancho. O telefone de contato é o 3378-2500. Já a Santa Casa de Campo Grande e Hospital Universitário atendem de segunda a sexta das 7 às 17 horas. O banco de sangue da Santa Casa funciona na Rua Eduardo Santos Pereira, 88. O telefone é 3322-4126 e o Hospital Universitário fica na Avenida Senador Felinto Müller, ao lado da UFMS. O contato para informações é o 3345-3000.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions