ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Com média de 30 concorrentes por vaga, 26 mil pessoas fazem concurso do TJ hoje

Provas serão aplicadas às 12h30 de MS, em escolas e universidades, privadas e públicas da Capital

Por Mylena Fraiha | 12/05/2024 07:35
Candidatos participam de concurso público em universidade privada de Campo Grande (Foto: Arquivo)
Candidatos participam de concurso público em universidade privada de Campo Grande (Foto: Arquivo)

Mais de 26 mil candidatos estão prontos para participar do concurso do TJMS (Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul), que acontecerá na tarde deste domingo (12) na Capital. Segundo informações divulgadas pelo órgão, a média é de 30 inscritos por vaga.

O certame tem como objetivo formar um Cadastro de Reserva para os cargos de Analista Judiciário e Técnico de Nível Superior da estrutura funcional do Poder Judiciário do Estado de MS. O órgão não divulgou previsão de convocação para os candidatos aprovados.

A banca organizadora da prova, a FGV (Fundação Getúlio Vargas), revelou que o cargo com maior número de inscritos é o de Analista Judiciário - Área Fim, com 11.937 candidatos. Em segundo lugar, está o cargo de Analista Judiciário - Área Meio, com 7.494 candidatos, seguido pelo cargo de Técnico de Nível Superior - Psicólogo - Psicologia, com 1.427 candidatos.

Na última segunda-feira (6), a consulta aos locais de prova para os candidatos que irão realizar o certame. Para obter a informação, os inscritos devem acessar este link e informar o CPF usado na inscrição. As provas serão aplicadas em escolas e universidades, privadas e públicas de Campo Grande.

Orientações - Os candidatos devem chegar ao local de prova com antecedência, pois os portões serão fechados 30 minutos antes do início da prova, às 12h30, horário oficial de Mato Grosso do Sul. Não será permitido o uso de celular ou permanecer em ambientes comuns após o fechamento dos portões.

Para a realização da prova, os candidatos devem comparecer ao local designado com caneta esferográfica azul ou preta, fabricada em material transparente, documento de identidade original e comprovante de inscrição. O uso de máscara facial nos locais de prova é facultativo, devido às medidas flexíveis contra a Covid-19.

Os documentos de identidade aceitos são carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, entre outros órgãos. Não serão aceitos documentos como CPF, título eleitoral, carteira de estudante, entre outros.

A prova objetiva, que será aplicada para todos os cargos, consistirá em 60 questões de múltipla escolha. O candidato deve permanecer no local de prova por no mínimo 2 horas e 30 minutos após o início da prova e só poderá levar o caderno de questões ao final da prova, se sua saída ocorrer nos últimos 30 minutos antes do término. Após o término da prova, o candidato deve se retirar do local de aplicação.

O que é proibido - A FGV também reforça que o uso de equipamentos eletrônicos, como celulares, câmeras fotográficas, notebooks, tablets, pen drives e MP3 players, são estritamente proibidas no local de prova.

Quanto ao consumo de alimentos e bebidas, a banca organizadora orienta que estes sejam colocados em recipientes transparentes, sem rótulos, que permitam a visualização do conteúdo.

Banner com orientações oficial da banca organizadora (Imagem: Reprodução/FGV)
Banner com orientações oficial da banca organizadora (Imagem: Reprodução/FGV)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias