A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/08/2016 08:42

Comissão de advogados acompanhará caso de execução no Aero Rancho

Viviane Oliveira
O advogado foi morto dentro do carro que conduzia, na manhã de ontem (16). (Foto: Julia Kaifanny)O advogado foi morto dentro do carro que conduzia, na manhã de ontem (16). (Foto: Julia Kaifanny)
Advogados vão acompanhar as investigações sobre o caso. (Foto: divulgação/OAB)Advogados vão acompanhar as investigações sobre o caso. (Foto: divulgação/OAB)

Dois advogados foram indicados pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para acompanharem as investigações sobre a morte do também advogado e fiscal da Vigilância Sanitária de Campo Grande Luiz Eduardo Lopes, 45 anos, executado com seis tiros. O crime foi na manhã de terça-feira (16), na Avenida Raquel de Queiroz, no Jardim Aero Rancho, em Campo Grande.

Os advogados Fábio Andreasi, presidente da Comissão de Advogados Criminalistas e, Silmara Salamaia, presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas, foram até a 5ª Delegacia de Polícia, onde o caso é investigado. Lá, o delegado Gomides Ferreira dos Santos Neto informou que ainda não há suspeito e as causas do crime continuam desconhecidas.

“A OAB repudia, com veemência, qualquer tipo de violência contra advogados. Designamos as comissões da entidade para acompanhar este caso na intenção de obtermos resposta com maior brevidade”, afirmou o presidente da entidade, Mansour Karmouche.

Na tarde de ontem, os investigadores voltaram ao bairro para tentar buscar imagens de câmeras de segurança de comércios, mas nada foi encontrado.

Crime - A vítima seguia em um veículo Gol, de cor preta, quando foi abordado por dois ocupantes de um Palio, de cor prata. O motorista deu sinal de luz, Luiz estacionou e, antes de descer foi atingido com vários disparos, provavelmente, de revólver calibre 38.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions