A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/08/2016 11:51

Advogado morto sofria de transtorno bipolar e já tinha sido ameaçado

Viviane Oliveira
O advogado foi morto enquanto dirigia um veículo Gol. (Foto: Júlia Kaifanny)O advogado foi morto enquanto dirigia um veículo Gol. (Foto: Júlia Kaifanny)

O Advogado e servidor da Vigilância Sanitária, Luiz Eduardo Lopes, 45 anos, executado a tiros, nesta manhã, na Rua Raquel de Queiroz com a Divisão, no Aero Rancho, sofria de transtorno bipolar e já havia sido ameaçado. As informações foram repassadas a polícia pela esposa da vítima.

Conforme boletim de ocorrência, a família relatou que por causa do bipolaridade, a vítima tinha comportamento agressivo e histórico de brigas na região onde morava, no trabalho e com parentes.

Ainda conforme registro policial, a esposa de Luiz relatou ainda que há cerca de 15 dias, a vítima se desentendeu e foi ameaçado de morte por um homem identificado como Wladmir, morador do Bairro Tiradentes. 

Execução - A vítima seguia em um veículo Gol, de cor preta, quando foi abordado por dois ocupantes de um Palio, de cor prata. O motorista deu sinal de luz, Luiz estacionou e, antes de descer foi atingido com vários disparos, provavelmente, de revólver calibre 38. 

Depois do crime, os atiradores saíram acelerando e fugiram por uma rua sem asfalto. Os suspeitos ainda não foram identificados. O caso será investigado pela 5ª Delegacia de Polícia Civil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions