A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/01/2013 14:37

Condenado a 16 anos de prisão homem que matou sargento do bombeiros

Julgamento foi realizado nesta quinta-feira. Ele também terá que pagar 10 dias de multa

Nadyenka Castro
Valdir Alves, no júri popular. Ele foi condenado a 16 anos de prisão. (Foto: Rodrigo Pazinato)Valdir Alves, no júri popular. Ele foi condenado a 16 anos de prisão. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Em julgamento realizado nesta quinta-feira, Valdir Alves da Conceição foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado e ao pagamento de 10 dias-multa, por ter matado o sargento do Corpo de Bombeiro Marcos Luciano Guilherme dos Santos.

A condenação de Valdir também é pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio contra Willian Kristofer de Oliveira Souza, que foi ferido por um tiro de raspão disparado por Valdir.

O crime aconteceu em dezembro de 2011, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.
De acordo com a acusação, o sargento, acompanhado de um amigo, estava em um veículo Fiat Uno, quando Willian passou correndo em frente ao veículo gritando por socorro.

Diante da situação, o sargento saiu do carro e abordou o rapaz que estava perseguindo William. Em seguida, sem falar, o rapaz sacou uma arma de fogo e disparou à queima-roupa.

O amigo do sargento ao perceber que ele havia sido ferido, seguiu até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino, porém a vítima não resistiu e morreu. William foi ferido de raspão.

Valdir e outro homem que estava com ele foram presos dias depois. O segundo foi absolvido na sentença de pronúncia, mas, está preso por tráfico de drogas.

O advogado de Valdir, Marcos Ivan da Silva, disse que seu cliente não tinha intenção de matar o bombeiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions