A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

24/05/2018 08:30

Consórcio já estuda reduzir linhas de ônibus para racionar combustível

Diretores da companhia se reúnem com a Agetran nesta manhã para definir medidas

Ricardo Campos Jr.
Campo Grande pode ter cortes em linhas (Foto: Paulo Francis/arquivo)Campo Grande pode ter cortes em linhas (Foto: Paulo Francis/arquivo)

Apesar de ter estoque de diesel suficiente para cinco dias, o Consórcio Guaicurus estuda redução nas linhas de ônibus em Campo Grande como forma de prevenir a falta do combustível, já que não se sabe por quanto tempo vai durar a greve dos transportadores. Carregamentos do produto não estão conseguindo chegar na cidade porque estão parados em bloqueios nas estradas do país.

Segundo informações da assessoria de imprensa da companhia, diretores vão se reunir com a Agetran (Agência Municipal de Transportes e Trânsito) para obter autorização dos gestores públicos para colocar em prática a medida.

Consumidores – Combustíveis estão em falta desde ontem. Com medo de ficar a pé, motoristas fazem filas quilométricas para tentar abastecer enquanto ainda há produto disponível.

Sofrem também com a greve os aeroportos. Em Campo Grande, a Shell e Petrobras informaram que a falta de querosene começaria a refletir nos voos a partir de hoje. Brasília suspendeu na quarta pouso de aeronaves com pouco combustível para não lotar o pátio.

Enquanto isso, as empresas aéreas flexibilizaram as regras de remarcação para que os passageiros fossem prejudicados o menos possível.

Paralisação – Os caminhoneiros protestam contra a política de preços da Petrobras, que sobe e desce o diesel de acordo com as variações no dólar. Com isso, na semana passada houve aumentos sucessivos que encareceram o consumo.

Nesta quinta, são cerca de 30 pontos de bloqueio em Mato Grosso do Sul, de acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). A categoria garante que está deixando passar cargas vivas e perecíveis, além de carros de passeio, ônibus e ambulâncias.

Há interdição, entre outros pontos, na BR-163 em Eldorado (km 39), Naviraí (km 117), Caarapó (km 206), Dourados (km 256 e 266), Rio Brilhante (km 323), Campo Grande (km 462 e 477), Bandeirantes (km 550), São Gabriel do Oeste (km 614 e 618) e Rio Verde de Mato Grosso (km 678).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions