A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/12/2011 15:07

Construtora mexicana entrega 10% de casas em condomínio na Capital

Fernando da Mata e Paula Vitorino

Residências integram o empreendimento Varandas do Campo, região sul, que terá 3.164 unidades ao todo

Residências do empreendimento Varandas do Canmpo (Foto: João Garrigó)Residências do empreendimento Varandas do Canmpo (Foto: João Garrigó)

A construtora mexicana Homex entregou três condomínios com 284 unidades habitacionais, na manhã deste sábado (3), no bairro Paulo Coelho Machado, região sul de Campo Grande.

As residências integram o empreendimento Varandas do Campo, que terá 3.164 unidades ao todo divididas em 34 condomínios.

A diretora da Homex em Campo Grande, Selma Marchesi, disse ao Campo Grande News que a empresa entrega cada condomínio em seis meses, basta que as unidades estejam vendidas.

“Dos 3.164 unidades, tem mais de 600 vendidas, sendo que já foram entregues 300”, informou Selma, que prometeu ainda a entrega das outras 300 em até meio ano. A próxima inauguração, de 96 residências, está prevista para janeiro.

Selma explicou o funcionamento da compra de uma residência do empreendimento. “A pessoa compra hoje e é dado prazo de seis meses para entrega. Cada apartamento custa R$ 81 mil até o dia 16 de dezembro, depois passará para R$ 84 mil. O valor é 100% financiado e a empresa custeia despesas com escritura”, detalhou a diretora da Homex.

As unidades residenciais podem ser financiadas em até 300 meses pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, com concessão de subsídios que variam de acordo com a renda do comprador.

Estrutura - Cada bloco conta com oito residências de 42 m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. A área de lazer tem churrasqueira e um parquinho.

Dentro da área total do empreendimento, está prevista a construção de pistas de caminhada.

Uma escola municipal será construída pela Homex no condomínio, com investimentos de R$ 2 milhões. Segundo o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, a construção da unidade educacional está autorizada e deve sair no ano que vem.

“A empresa terá 284 dias para construir e a escola terá capacidade para mais de mil alunos”, enfatizou o prefeito.

Casados há quatro anos, Natália e Jorge Paulo realizam sonho da casa própria (Foto: João Garrigó)Casados há quatro anos, Natália e Jorge Paulo realizam sonho da casa própria (Foto: João Garrigó)

Sonho realizado - A costureira Natália Cristina Cândia e o vigilante Jorge Paulo da Silva, ambos com 25 anos, estão casados há quatro anos e foram algumas das pessoas que realizaram o sonho da casa própria.

Segundo a costureira, eles moravam de aluguel desde que casaram. “É uma bênção de Deus, porque tem tanta gente que luta por uma casa há tantos anos e a gente conseguiu rápido”, comemorou Natália.

O vigilante disse ao Campo Grande News que o local era o que estava mais em conta no mercado e com mais facilidade para pagar. “Apesar de ser uma casa menor, conpensou porque é mais barata”, destacou Silva.

Um outro casal que realizou o sonho da casa própria foi o preparador de veículo Elder Lima, 25 anos, e a auxiliar administrativo Priscila Romero Dias, de 20 anos.

Casados há um mês, eles conseguiram subsídio de R$ 16 mil e parcelaram os R$ 56 mil restantes, segundo Lima. “Fomos atrás do condômino por ser barato e pela facilidade de negociação”.

Condições dos trabalhadores - No mês de abril, funcionários reclamaram das condições de trabalho nas obras de construção de casas.

Sobre o assunto, a diretora da Homex informou que não está autorizada a falar, somente via assessoria de imprensa. O Campo Grande News entrou em contato com a assessoria, mas até o fechamento desta reportagem não foi atendido.

Sobre a situação, Nelsinho disse que está acompanhando de longe, que a prefeitura não deve se meter, pois é um assunto entre a empresa e os funcionários.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


é a unica empresa de construção civil aqui no estado q tem um piso salarial de mais de 900.00 é so pesquisar, estou na empresa desde 8 de novembro de 2010 e investindo muito dinheiro em nossa cidade.
 
josué clemente em 14/03/2012 04:55:24
eu trabalhei nessas casas como eletrecista desde o começo
sem comentarios ,fico triste por
a gente dar nosso suor e a empresa nao cumprir com sua obrigação
para mim uma firma dessas não é digna de estar aqui no brasil .
 
adriano xavier em 14/01/2012 08:06:34
Eu fui o responsável e tive o prazer de entregar os 02 primeiros condomínios e dentro do prazo, haja vista que não tivemos reclamações em nenhum orgão de proteção ao consumidor. essa pessoa acima deve esta magoada por algum motivo com a Homex, e olha que já não estou mais na Homex, que nunca atrasou uma salário. Sucesso a todos da Homex, agora só faltam 36 condomínio para entregar.
 
Sandoval Pereira Araujo em 11/12/2011 01:45:01
Por que vocês não falaram antes com os moradores que já receberam os imóveis, nos outros dois condomínios que até hoje não foi finalizado a área de uso comum. Esse prazo de 6 meses é para inglês ver, pois eles colocam uma clausula prorrogando por mais 06 esse prazo com isso nunca é cumprido. Outra coisa essa empresa não esta pagando os fornecedores e nem os prestadores de serviço, de olho neles.
 
Roberto Figueires em 04/12/2011 08:13:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions