A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/09/2014 10:35

Prefeitura põe geradores para socorrer moradores sem luz em favela

Prefeitura disponibiliza dois geradores para socorrer moradores de favela

Ludyney Moura e Lidiane Kober
Equipes da Polícia Civil estão na favela para realizar perícia no local do acidente com um fio de alta tensão (Foto: Marcos Ermínio)Equipes da Polícia Civil estão na favela para realizar perícia no local do acidente com um fio de alta tensão (Foto: Marcos Ermínio)

Dois geradores de energia foram levados pela Prefeitura da Capital aos moradores da favela Cidade de Deus, no Bairro Dom Antônio Barbosa, região sul da cidade. Os equipamentos chegaram à comunidade no final da noite desta sexta-feira (12), por volta das 23h.

A favela estava sem luz desde quinta-feira (11), depois que um incêndio destruiu seis barracos no local. Os moradores ficaram sem energia elétrica por mais de 36 horas e a maioria da comunidade foi acordada no meio da madrugada de sábado com a chegada da luz.

“Foi uma alívio quando chegou a energia. Nesse tempo sem luz a gente passou um sufoco. As crianças não dormiram por causa do calor, o barraco enchia de mosquito, perdemos carne, leite, iogurte”, disse a moradora Rosimeire Cardoso de Freitas, 32 anos, que está no sétimo mês de uma gestação de risco, à espera do quinto filho.

Ela conta também que depois que os geradores começaram a funcionar na favela, são constantes as quedas do equipamento. “Agora meu medo é perder minha geladeira, que acabei de comprar, porque a energia cai de meia em meia hora”, relata Rosimeire.

Quem também sofre com a oscilação de energia é dona de casa Juliane Lopes da Silva, de 28 anos, mãe de seis filhos. Ela contou ao Campo Grande News que o clima na favela é de insegurança, mesmo depois da chegada de energia.

“O clima está tenso. A própria comunidade está dividida. As lideranças estão divididas. Está uma briga aqui. O meu sonho é só um: sair daqui e ganhar uma casa para dar uma vida digna para os meus filhos”, revelou Juliane.

Duas equipes da Enersul também passaram pela favela na manhã deste sábado, e revelaram à reportagem que o Boletim de Ocorrência por ligação ilegal de energia foi registrado na Depac Piratininga.

Outros dois carros da Policia Civil também chamara a atenção dos moradores. Segundo o delegado Alberto Luiz Carneiro da Cunha de Miranda, do Depac Piratininga, a presença dos agentes na comunidade é para periciar o local do acidente deixou Nilton César do Nascimento Jarson, 38 anos, em estado grave depois de levar um choque em um fio de alta tensão.

“Viemos descobrir como foi a dinâmica do acidente”, disse o delegado, que afirmou que no local onde Nilton se acidentou a ligação de energia não é clandestina. O rumo das investigações é para descobrir se a vítima realmente tentava fazer um “gato” na luz.

A Guarda Municipal e assessores da Prefeitura da Capital, também estão na favela à espera do prefeito Gilmar Olarte (PP), que prometeu fazer uma visita para a comunidade nesta manhã.

Caminhões com os geradores chegaram ao bairro ontem à noite (Foto: Marcos Ermínio)Caminhões com os geradores chegaram ao bairro ontem à noite (Foto: Marcos Ermínio)
Morador conversa com agentes da Polícia Civil sobre gato na favela (Foto: Marcos Ermínio)Morador conversa com agentes da Polícia Civil sobre gato na favela (Foto: Marcos Ermínio)
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


Nós, trabalhadores comuns cheio de impostos pra pagar, acordamos cedo para trabalhar pra honrar nossas despesas mensais e essas pessoas da favela cidade de Deus não pagam energia, não pagam água e querem nossa piedade sem motivo algum. A Justiça esta fazendo a parte dela, a Concessionária de energia esta fazendo a parte dela quanto aos que estão furtando energia mas em clima de eleição fica feio nossa prefeitura socorrer sem motivos LEGAIS essas pessoas. A vida é dura para todos mas quem quer casa tem que trabalhar, pagar seus impostos para poder reivindicar.
 
Renato Ximenes de Brittes em 13/09/2014 11:21:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions