ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Corpo de criança de 12 anos é encontrado preso em banco de areia

Por Viviane Oliveira e Marcus Moura | 20/01/2017 07:58
Momento em que a família recebe a notícia de que o corpo foi encontrado (Foto: André Bittar)
Momento em que a família recebe a notícia de que o corpo foi encontrado (Foto: André Bittar)
Menino foi encontrado preso em um banco de areia (Foto: André Bittar)
Menino foi encontrado preso em um banco de areia (Foto: André Bittar)

Foi encontrado por volta das 7h30 desta sexta-feira, o corpo do menino Cauã Christofer Bezerra Gonçalves, 12 anos. Ele foi achado preso a um banco de areia no córrego Imbirussu, a 2,5 quilômetros do local do acidente.

A criança havia sumido por volta das 15h20 de ontem (19) enquanto nadava com dois primos, no Jardim Sayonara – região oeste de Campo Grande. A família relatou aos bombeiros, que é muito comum as crianças brincarem no córrego. A Polícia Civil e a perícia técnica já foram acionadas para fazer os trabalhos de praxe. 

Buscas - No total, doze militares do Corpo de Bombeiros, dois deles mergulhadores, retomaram as buscas por volta das 6h10. Eles fizeram buscas em três pontos diferentes do córrego, sendo no trecho da Rua Macaé, na avenida José Barbosa Rodrigues com a BR-262, e a 5 quilômetros do local que o garoto foi levado pela correnteza.

Acidente - O menino foi arrastado por volta das 16h de quinta-feira, um pouco antes de forte chuva atingir a região. Cauã morava com o pai no bairro. Ontem, o pedreiro Rodrigo Ricaldes Flores, 34 anos, contou à equipe de reportagem, que jogava futebol com o sobrinho em frente a casa da irmã, quando foi chamado para socorrer os meninos.

“Um dos garotos chegou correndo pedindo ajuda. Fui no córrego e consegui puxar um deles, que estava preso em um galho. Mas, Cauã foi levado pela água", explica Ricaldes, que conhece a família das vítimas e estava na rua professor Leverno de Queiroz, a poucos metros do córrego.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário