A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

31/01/2013 21:12

Córrego transborda e carro quase é levado pela água na Ricardo Brandão

Nyelder Rodrigues e Nícholas Vasconcelos
C3 acabou apagando o motor no meio da enxurrada e precisou de auxílio da Agetran para ser retiradoC3 acabou apagando o motor no meio da enxurrada e precisou de auxílio da Agetran para ser retirado
Correnteza do córrego Prosa ganhou força com a chuva (Fotos: João Garrigó)Correnteza do córrego Prosa ganhou força com a chuva (Fotos: João Garrigó)

A chuva desta noite de quinta-feira (31) em Campo Grande causou alagamentos e colocou motoristas em risco em vários pontos da cidade. Na avenida Ricardo Brandão, o córrego Prosa transbordou.

Um dos locais mais críticos da Ricardo Brandão foi entre os cruzamentos da avenida com as ruas Joaquim Murtinho e a Chaadi Scaff, no bairro Itanhangá.

Na Chaadi Scaff, houve transbordamento do córrego. Dois veículos, um Corolla e um C3, tentaram atravessar mesmo com a via submersa, mas somente o Corolla conseguiu, enquanto o C3 acabou apagando o motor.

Rapidamente o carro começou a ficar cheio de água, e o condutor, João Pedro Borges, de 19 anos, precisou do auxílio de um amigo que estava com ele como passageiro e de uma equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para retirar o carro do local.

Segundo João Pedro, ele não viu a situação da via, já que ela ainda não estava interditada, e por isso seguiu e acabou tendo que enfrentar o transbordamento.

Já no cruzamento com a Joaquim Murtinho, a água do córrego Prosa estava na altura da ponte, e por isso a Agetran está com uma equipe no local, interditando o trânsito, e para fazer o monitoramento do nível da água.

Em outro ponto da cidade, no entroncamento entre a rua Calógeras, avenida Costa e Silva, e Eduardo Elias Zahran, a água cobriu toda a pista, e um bueiro não suportou a pressão da água pluvial e se soltou.

O frentista do posto de combustíveis que fica ali, Joel Márcio Ramos, de 29 anos, contou que o local sempre fica assim em dias de chuva. “A boca de lobo não aguenta, não vence toda essa água. Estoura mesma,” comenta.

No bairro Jockey Clube, nas redondezas do Parque Laucídio Coelho, também houve alagamentos, na rua de entrada do parque, a América Carlos da Costa, a água também tomou toda a via, assim como no cruzamento com a avenida Fábio Zahran.

De acordo com a jovem Amanda Passos, 21 anos, que passava pelo local no momento da chuva, o local sempre alaga quando chove forte. Ela ainda contou que no bairro Parati, que fica a alguns quilômetros do Parque Laucídio Coelho, a situação em dias de chuva é pior ainda.

Conforme informações da Associação de Moradores do bairro Maria Aparecida Pedrossian, a chuva também causou transtornos na região, atingindo o Vivendas do Parque, Panorama e Noroeste. Casas em algumas ruas teriam sido invadidas pela lama trazida pela enxurrada, junto com entulhos. Sob o viaduto na saída para Três Lagoas, muita água teria acumulado e alagado o local.

Recomendação – Por causa da forte chuva, a Defesa Civil da Capital recomenda que as pessoas evitem as vias que beiram os córregos de Campo Grande, como a Ricardo Brandão, e a Ernesto Geisel, nas proximidades do Shopping Norte Sul Plaza.

A Defesa Civil orienta que seja evitada pela população outras vias importantes, como a Cônsul Assaf Trad, principal avenida da região norte de Campo Grande, a Marquês de Herval, conhecida como “Corredor do Nova Lima”, e a Spipe Calarge.

(atualizada às 22h40 para acréscimos de informações)

Córrego Prosa transbordou na rua Ricardo Brandão na esquina com a Chaadi Scaff e próximo à Joaquim Murtinho (Fotos: João Garrigó)Córrego Prosa transbordou na rua Ricardo Brandão na esquina com a Chaadi Scaff e próximo à Joaquim Murtinho (Fotos: João Garrigó)
No entroncamento da calógeras com a Costa e Silva e com a Zahran, situação era menos crítica, mas ainda assim, carros tiveram que enfrentar alagamentoNo entroncamento da calógeras com a Costa e Silva e com a Zahran, situação era menos crítica, mas ainda assim, carros tiveram que enfrentar alagamento
Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Nessas horas olhamos para o lado e perguntamos o que é feito com o dinheiro público dessa cidade. Onde estão investindo os recursos do IPTU de Campo Grande?
Não vou fazer aqui o papel de advogada do diabo, mas acredito que parte desse problema é realmente do poder público por não planejar direito, por não realizar estudos ambientais de maneira correta antes de realizar essas obras (estudos simples como o de identificação de mico e macro bacias desses córregos) mas parte disso tbm deveria ser assumido pela população, cadê nossos vereadores os "novos" inclusive vamos criar uma lei que obrigue o morador que constrói em todo o terreno ou que impermeabiliza todo o seu quintal o que dá na mesma, a construir barreiras de contenção à enxurrada como reservatórios temporários. Tecn. San. Ambiental
 
Indianara Gouveia de Sene em 01/02/2013 09:24:45
Realmente deram inicio as obras no panorama chegando a asfaltar pequenos pedaços das ruas...com o tempo diminuiram os operarios...ate que tds foram embora e nada foi feito, alem da sujeira levada bairro a baixo o pouco asfalto esta sendo levado e sonho dos moradores em ter asfalto diminui a cada chuva....
 
cristine amaral em 01/02/2013 08:59:01
Campo Grande entra ano e sai ano e continua a mesma coisa, sai prefeito e entra prefeito e nenhuma providência definitiva para tratamento destes alagamentos e outros problemas são tomados. Afora isto, logo, logo, ganharemos o titulo "Cidade dos Buracos e dos remendos".
 
Pedro Paulo em 01/02/2013 08:40:35
A Spipe Calarge estava cheia de água novamente, no mesmo lugar do lado do Radio Clube Campo. Achei melhor dar uma volta do que arriscar e ficar que nem o C3 na Chaadi Scaff.
 
Diego Silva em 01/02/2013 07:50:08
A chuva que caiu no inicio desta noite em Campo Grande foi acima das espectativas ainda não sabemos o volume oficial, mas COMO EM TODOS OS ANOS trouxe muitos estragos na região leste principalmente no Residencial Maria Aparecida Pedrossian e ADJACENCIAS. (Samambaia, Panorama e Vivendas do Parque)

Em decorrencias das obras de drenagem pluviais que não foram concluidas no ano passado nos bairros Vivendas do Parque e Panorama as águas desceram em grande volume do alto do Jardim Noroeste e passando pelo bairros Vivendas do Parque e Panorama, arrastanto areia entulhos e muita lama adentrou nas Ruas Minerva (Maria Ap. Pedrossian) invadindo as casas bem como no Avenida Orlando Daros com a Rua Ponta Grossa, João Francisco Damasceno e o volume da lama e entulhos percorreu todas as ruas da baixada do Residencial Maria Ap. Pedrossian. Moradores estão apreensivos com a situação.

No viaduto do Anel Viário da BR que vai para Tres Lagoas houve engarrafamento as 20h30 por conta do volume de água que acumulou debaixo do Viaduto.
Neste instantes os carros passam com muito cuidado devido ainda o volume de água pluvial.
Naquele local a boca d lobo não suporta o grande volume de água que desce do Jardim Noroeste e se acumula nesse local.
Amanhã com certeza as ruas do Residencial Maria Aparecida Pedrossian Panorama, Samambaia e Vivendas vã estar em situação crítica devido o acumulo de entulhos e lama.

Os moradores esperam que a PREFEITURA venha fazer a limpeza e a defesa civil poderia analisar com os Moradores a situação da Rua Minerva devidos as casa que estão alagadas...

DESDE de DEZEMBRO DE 2007 após a "terraplenagem" para a feitura do Conjunto OITI houve o estragulamento do curso natural das Aguas PLUVIAIS que descian do alto do JARDIM NOROESTE por que não fizeram o projeto de DRENAGEM e REDE PARA AS ÁGUAS PLUVIAIS e que "toma" na cabeça SÃO OS MORADORES DA NOSSA COMUNIDADE E ADJACENCIAS!
CHEGA!
QUEREMOS SOLUÇÃO! TERMINO DAS OBRAS JÁ!
 
Prof. Janio Batista de Macedo. em 31/01/2013 22:04:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions