A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/06/2011 08:50

CRM suspende por 30 dias médico que atua na rede pública da Capital

Aline dos Santos

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina) suspendeu o médico Paulo Roberto Albernaz por 30 dias devido à conduta antiética. A suspensão será de primeiro de julho a 30 de julho de 2011.

O clínico geral atende pela rede pública de Saúde e trabalha no posto do Nova Bahia, em Campo Grande. Conforme o conselho, o “médico administrou alta de paciente grave de modo imprudente e negligente para seu domicílio”.

Conforme o advogado André Borges, assessor jurídico do CRM, a punição é bastante grave. “Depois de suspensão, a próxima pena é de cassação do registro profissional”, afirma Borges, ao explicar as modalidades de punição aos médicos.

Em 2008, o médico foi punido pelo CRM com censura pública. O motivo foi por “exagerar a gravidade do diagnóstico ou tratamento” com o objetivo de “obter vantagem financeira”.



Quando preciso procurar um médico...faço uma longa pesquisa, até encontrar um bom profissional. Tenho medo dos "carniceiros" que só pensam em dinheiro e não estão nem aí para os pacientes. Pior que está cheio desses "doutores" nos hospitais públicos e também particulares!!
 
Joanne Pereira em 08/06/2011 12:22:45
A minha e a sua vida valem, exatamente um mês de punição ao Doutor. AAAhhhh! estou rindo a toa, como outras pessoas que devam estar fazendo o mesmo. PARABÉNS C R M - MS.
 
nilo maciel em 08/06/2011 05:20:00
Parabéns ao Conselho pela ação. Percebo que o corporativismo está deixando de falar alto quando o assunto é punição aos médicos. Mas ainda temos muitos casos que merecem atenção. É um longo caminho.
 
João Júnior em 08/06/2011 02:31:47
Esse irresponsável, mesmo o CRM dizer que é "gravissímo" sua conduta, somente lhe deu 30 dias de suspensão? Por que não deram pra ele passagem para sair de férias?
E a vida de que ele liberou não vale nada? São todos uma cambada de safados, ninguém corta sua própria carne, vai que os que o julgaram irão precisar do apoio desse canalha futuramente.
Sua punição foi de férias por 30 dias, parabéns ao CRM, em ficar impune e quase que dizer que o crime compensa e dar férias a quem comete esse tipo de delito.
 
Kamél ELa Kadri em 08/06/2011 02:02:17
Saio no lucro este médico só uma suspensão para uma coisa tão grave.
 
gabriel torrer martins em 08/06/2011 01:37:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions