A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/01/2012 18:29

De carro, moto ou a pé; veja dicas dos bombeiros para enfrentar a enxurrada

Aline dos Santos

Há regras que podem salvar vidas de ocupantes de veículos, motociclista e pedestres

Na enxurrada, motociclistas  podem ser sugados por buracos. (Foto: João Garrigó)Na enxurrada, motociclistas podem ser sugados por buracos. (Foto: João Garrigó)

A morte de um motociclista levado pela enxurrada na última quinta-feira em Campo Grande acende o alerta: como evitar ou lidar com as situações de risco durante a chuva forte, tão comum no Verão?

De acordo com o coronel do Corpo de Bombeiros, Joilson Santos de Paula, há regras que podem salvar vidas de ocupantes de veículos, motociclista e pedestres. “Apesar de a sensação de segurança ser maior no carro. Isso não existe”, alerta.

O motorista deve ficar atento à altura da água. Se ultrapassar a metade da roda, o mais prudente é retroceder e procurar outro caminho. “Se a água chegar na soleira da porta, o carro não tem a mesma sustentação”, explica. Com a enxurrada, os pneus perdem aderência, o veículo flutua e é levado pela força da água.

Para quem já está nesta situação, o essencial é controlar o pânico e manter a calma. “A pessoa não deve sair do veículo. Se a enchente consegue arrastar o carro, imagina uma pessoa”, enfatiza o coronel.

Neste cenário, a orientação é de que o ocupante do veículo ligue no 193 e passe a localização exata para os bombeiros. Abandonar o carro só se torna prioridade quando o veículo corre risco de submergir.

Quando o carro apaga, mas não chega a ser levado pela tempestade, os ocupantes devem subir no capô e aguardar ajuda. “Na última chuva, essa situação aconteceu embaixo do viaduto na avenida Fernando Côrrea”, lembra Joilson de Paula.

Ele reforça que enfrentar a enxurrada é perigoso mesmo para veículos altos e potentes, como caminhonetes. A água pode ocultar buracos, troncos, crateras abertas pela chuva.

Quando o nível da água fica abaixo da metade da roda, a dica é engatar a primeira marcha e manter velocidade constate, sem acelerações.

Duas rodas – Para os motociclistas a ordem é clara: nunca enfrente a enxurrada. “Nem tente passar, pode ter um buraco, um bueiro e ele corre risco de ser sugado. Não vai ter forças para sair”, enfatiza o coronel.

Na quinta-feira, durante a chuva forte, Milton Teixeira Júnior, de 21 anos, seguia de motocicleta pela avenida Vitor Meirelles e ao entrar na Gury Marques, no bairro Universitário, caiu no bueiro, encoberto pela água.

O corpo do jovem foi encontrado na manhã do dia seguinte, a 2 km do local da queda. O rapaz cumpria pena em regime aberto e, de acordo com familiares, seguia para o presídio. Ele era casado e tinha dois filhos.

Próximo a enchentes, o pedestre deve procurar locais seguros. Caso seja levado pela água, ele deve tentar se agarrar a algo fixo, como árvores e postes. “Abraçar fortemente”, lembra o coronel.

Em caso de temporais, com raios e relâmpagos, a pessoa deve buscar abrigo em locais seguro, construídos em alvenaria ou madeira. Devem ser evitados refúgios próximos a árvores, estruturas metálicas e cercas.

Prevenção – Na temporada de chuvas, os donos de imóveis devem tomar medidas como a limpeza de calhas e a substituição de concreto por grama nas áreas externas, aumentando a capacidade de absorção do terreno.

Quem já se tornou “freguês” das águas, tendo inclusive nas paredes de casa as marcas do último alagamento, deve redobrar as medidas para reduzir os danos.

Enquanto a solução não vem, os moradores devem manter os documentos em sacolas e em local alto, como guarda-roupa. Além de deixar de prontidão estruturas de madeira para elevar eletrodomésticos como geladeira e fogão.

Na última quinta-feira, choveram 91 milímetros em 55 minutos. Foi a chuva mais forte, levando em conta tempo e volume da precipitação, registrada desde 2007. Mais dicas de segurança estão disponível no site dos bombeiros ()



A minha dica é que os governantes usem o nosso dinheiro dado em impostos para fazer uma cidade decente, hábil para que essas situações não ocorram!!!
Essa é a dica!!!
 
Marcella Cruz em 30/01/2012 10:14:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions