ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Decretada prisão preventiva de homem que estuprou e matou criança

Crime aconteceu na casa onde a vítima morava com a mãe, de 39 anos, no Bairro Nossa Senhora das Graças

Viviane Oliveira | 14/12/2022 11:38
Maykon chegando à Depca com a cabeça coberta por uma toalha (Foto: Paulo Francis) 
Maykon chegando à Depca com a cabeça coberta por uma toalha (Foto: Paulo Francis)

Em audiência de custódia realizada na manhã desta quarta-feira (14), o juiz Albino Coimbra Neto converteu em preventiva a prisão em flagrante de Maykon Araújo Pereira, de 31 anos. O homem confessou em depoimento à polícia que estuprou e matou uma menina de 11 anos, na noite de domingo (11).

O crime aconteceu na casa onde a vítima morava com a mãe, de 39 anos, no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Campo Grande. Maykon foi preso no início da tarde de segunda-feira (12), por equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) e da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Prisão - Ele foi identificado através de imagens de câmeras de segurança. Em depoimento ao delegado Roberto Morgado, o assassino disse que foi até a casa porque tinha marcado um programa com a mãe da menina. Ele relatou ainda que quando chegou, entrou pela porta dos fundos e encontrou a criança já na cozinha e, como ela gritava muito, deu um soco e em seguida bateu a cabeça dela no chão.

O homem afirmou não se lembrar de ter mantido relação sexual com a vítima, mas a perícia confirmou a conjunção carnal. Ele alegou ainda que bebeu de meio-dia até o horário que foi para a casa da vítima, por volta das 22h. O laudo constatou que a morte da criança foi por traumatismo craniano.

A mãe da menina foi presa por abandono de incapaz. Ontem, ela passou por audiência de custódia e também teve a prisão em flagrante convertida em preventiva.

Nos siga no Google Notícias