A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

05/08/2011 08:51

Defesa de policial que matou colega mantém tese de tiro acidental

Francisco Júnior e Aline dos Santos

Julgamento começou de manhã no Tribunal do Júri de Campo Grande

Policial está em liberdade por conta de um habeas corpus. (Foto: Simão Nogueira)Policial está em liberdade por conta de um habeas corpus. (Foto: Simão Nogueira)

A defesa do policial civil Cleidival Antônio Vasques Bueno, que no dia 13 de março de 2009, em Campo Grande, matou com um tiro a a também policial Elaine Olando Viana Yamazaki, vai insistir na tese de disparo acidental. “Desde o começo ele (policial) afirma que o tiro foi acidental”, afirmou o advogado do policial, René Siufi.

Por conta de habeas corpus concedido em agosto de 2009, o policial está em liberdade. Ele entrou pela porta da frente do tribunal. Cleidival foi hostilizado pela hostilizado pela irmã da vítima, Eloite Holanda Viana. “Assassino, assassino”, disse ela.

O julgamento do policial acontece nesta manhã no Tribunal do Júri de Campo Grande. Familiares da vítima acompanham o julgamento. Eles estão usando camisetas com a foto da policial e colocaram faixas na frente do tribunal. Devido a isso, Rene entrou com pedido de adiamento do alegando que isso poderia influenciar na decisão dos jurados.

O juiz da 2º Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, negou o pedido relatando que os familiares têm direito de se manifestar e que o crime já aconteceu há muito tempo.

O júri é composto por cinco homens e duas mulheres.

O crime aconteceu na Vila Carvalho, dentro do carro da vítima. Elaine tinha saído da universidade, onde cursava Direito, e parou seu Fiesta para conversar com o policial, que a seguia em uma motocicleta. Os dois conversaram e então houve o disparo.

Homem é encontrado morto com mãos amarradas e enrolado em cobertor
Um homem ainda não identificado foi encontrado morto na manhã deste domingo (20) no bairro Nova Capital, em Campo Grande. O corpo estava com as mãos ...
Durante assalto em ponto de ônibus, vítima tenta fugir e é baleada na perna
Um homem de 34 anos foi baleado na perna na madrugada deste domingo (20), no bairro Nova Lima, em Campo Grande. Ele foi ferido após descer de um ônib...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions