A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

08/02/2018 12:55

Delegacia de SP aguarda chegada de inquérito sobre morte de campo-grandense

Vítima estava desaparecida há dois dias e foi encontrada com sinais de espancamento em praça

Guilherme Henri e Humberto Marques
Bruno Lima da Silva, 30 anos, morava há seis meses em SP (Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook)Bruno Lima da Silva, 30 anos, morava há seis meses em SP (Foto: Arquivo Pessoal/ Facebook)

A 3º Delegacia de Polícia Civil Campos Elísios, em São Paulo (SP) aguarda a chegada do inquérito sobre a morte do campo-grandense Bruno Lima da Silva, 30 anos, para dar andamento nas investigações. A vítima foi encontrada morta na praça da República, na capital paulista e a família suspeita que ele foi espancado até a morte durante um assalto.

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança do estado vizinho informou que o caso foi registrado como morte suspeita na segunda-feira (5) no 77º DP (Santa Cecília), quando a vítima foi encontrada desacordada na Praça da República, encaminhada ao hospital, mas já sem vida.

Como não estava com documentos, o corpo de Bruno foi levado ao IML (Instituto de Medicina e Odontologia) central, onde foi realizado exame necroscópico e o reconhecimento.

O corpo foi liberado para a família. Na segunda-feira (5), o pai havia registrado o boletim de desaparecimento do rapaz no 4º DP (Consolação).

Tragédia - Há seis meses, Bruno foi para a capital paulista cuidar do pai, o pastor e economista Roberto Lopes da Silva, 57 anos, que fez transplante do fígado e residia no Bairro Bela Vista. O rapaz trabalhava em um pet shop e no domingo (4), por volta das 16h, foi para a Avenida Paulista conhecer o carnaval.

Ele ficou dois dias desaparecido e o pai chegou a receber mensagens no celular sobre tentativas de compras no cartão de crédito. O corpo da vítima foi encontrado com sinais de espancamento na praça da República.

O corpo chegou a Campo Grande, por volta da meia-noite de hoje, no mesmo voo em que o pai veio para acompanhar o funeral. O rapaz será sepultado às 14h no Cemitério Parque das Primaveras, na Avenida Senador Filinto Müler, nº 2211, no Jardim Parati.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions