A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/06/2013 18:02

Delegado aposentado é executado com 5 tiros em frente a escola da filha

Ângela Kempfer e Nadyenka Souza
Paulo Magalhães foi executado dentro do carro, na rua Alagoas.Paulo Magalhães foi executado dentro do carro, na rua Alagoas.
Delegado criou instituto para fazer denúncias . (Foto: reprodução/Facebook)Delegado criou instituto para fazer denúncias . (Foto: reprodução/Facebook)

O delegado aposentado, Paulo Magalhães, de 57 anos, foi executado na tarde desta terça-feira quando esperava a filha de 11 anos, em frente a escola infantil no bairro Jardim dos Estados. O crime ocorreu na rua Alagoas, entre as ruas Piratininga e da Paz, por volta das 17h40.

Chovia no momento, mas testemunhas contam que Paulo estava na fila, esperando para entrar na área coberta da escola, no horário de saída das aulas, quando 2 homens em uma moto ficaram ao lado do veículo e um deles atirou pelo menos 6 vezes.

O jipe de Paulo Magalhães estava ligado e com os tiros, o delegado perdeu o controle do veículo e chegou a bater no que estava na frente.

Pais de outros alunos contaram à Polícia que já haviam reparado na motocicleta estacionada na rua Piratininga, observando a movimentação.

A família mora a cerca de duas quadras do local do assassinato e o delegado foi buscar a menina hoje de carro por conta da chuva. A esposa de Paulo Magalhães, a defensora pública aposentada Cláudia Maria Rodrigues de Brito, já está no local com os dois filhos, enteados de Paulo Magalhães. Outros 5 delegados acompanham o caso.

Paulo Magalhães também era advogado, professor universitário e uma figura polêmica dentro da Polícia Civil. Criou a ONG Brasil Verdade em Mato Grosso do Sul e depois da aposentadoria passou a se dedicar a fazer criticas, principalmente, contra a Segurança Pública e gestores públicos por enriquecimento ilícito.

Nos últimos dias, participou das manifestações em Campo Grande ao lado de colegas pela aprovação da PEC 37, que limita as investigações por parte do Ministério Público. Hoje cedo, esteve, inclusive, na Câmara Municipal, participando de mais uma manifestação.

No blog da ONG criada por ele, são várias as denúncias contra diferentes autoridades do Estado.

Em artigos, alguns episódios são lembrados, como a censura do livro “Conspiração Federal”, escrito por ele e "proibido pelo Juíz da 15ª Vara Cível de Campo Grande/MS de ser disponibilizado gratuitamente pela internet como e-book. Em face do fato de que o autor ofertou o livro gratuitamente através de “link” para “download” os domínios da Brasil Verdade na Internet com terminações .com, .org e org.br foram retirados “do ar” por determinação judicial e proibidos de serem utilizados.

 

Na obra, o advogado defende cinco agentes penitenciários federais que denunciaram a existência de câmeras clandestinas instaladas nas celas destinadas aos encontros íntimos dos presos da Penitenciária Federal de Campo Grande/MS e inúmeras outras irregularidades perpetradas naquela unidade penal.

 

 

Movimentação de pais e delegados no local do crime.Movimentação de pais e delegados no local do crime.


Aqui em campo grande sempre foi assim , terra de gente braba...
aqui o q domina é o conflito de interesses, o povo faz e fica sabendo
somente o que convêm aos poderosos.
Aqui qdo aparece um desses ditos cidadãos respeitados , como o delegado
que tem a coragem de denunciar a sujeirada politica e na policia , rapidamente
é calado e silenciado.
Isso não é de hj não ( o srº Escaramussa q nos diga), ele não foi o primeiro e ta longe de ser o ultimo. Meus pêsames a família q deus conforte o coração de todos.
 
DONATO FRANCO em 11/09/2013 09:32:24
Homem bom, BRAVO GUERREIRO. Descanse em Paz nobre Doutor, só espero que sejam punidos esses bandidos. A filhinha dele, pequena tão sensível, que pecado absurdo!!!
 
ADRIANA TORRACA em 26/06/2013 16:24:43
Esse homem foi e continuará sendo o maior símbolo de que a verdade deve continuar sendo a melhor defesa que alguém pode ter. Dentre outros, ele era uma peça fundamental para a averiguação de várias verdades que "os grandes" querem manter sob panos e cortinas, já que a revelação delas seriam, simplesmente, uma limpeza em quase todo sistema dentro dos três poderes. No entanto, a sociedade, talvez por medo, esquecerá esse episódio assim como esqueceu vários outros no mesmo patamar.
Meus sincero respeito aos familiares e ao trabalho interrompido deste grande professor e homem que desejava um Brasil melhor!!!!!
 
Elton Douglas em 26/06/2013 13:46:38
Exigimos que a polícia encontre, mesmo que dentro da própria instituição, o assassino desse grande defensor da ética e da moral... Estou estarrecido com esse acontecimento... Absurdo, se existe alguma autoridade honesta e séria, que apareça agora para elucidar esse caso!!!!! Tristeza, luto por um homem do bem!!!!
 
Jaques Fortes de Andrade em 26/06/2013 10:42:35
Queria saber o que um desgraçado que efetuou os disparos, o motorista da moto e eventual mandante (também moribundo desgraçado), pensam a respeito da vida. Oxalá um dia estarão frente a frente e lado a lado, na mesma qualidade do executado. Não devem ter crenças, religiões, ou muito menos Deus em seus corações. Este pai de família não verá sua filha crescer e esta, crescerá sem seu ícone maior. Deixo aqui meus pêsames à sua família e minha consideração ao profissional aposentado que se foi.
 
Beto Spinelli em 26/06/2013 10:23:28
Gostaria de manifestar meus pêsames e que Deus conforte a família do professor Paulo, que era uma pessoa muito querida e de um coração muito bom! Com muita tristeza recebí a notícia da barbárie e espero que as autoridades prendam os responsáveis por isso.
" Obrigado professor ! Pelos seus ensinamentos e exemplos de dignidade !!!!
 
Luiz Henrique em 26/06/2013 10:03:41
Certamente foi uma perda, porém duvido que a Polícia Civil irá se empenhar para esclarecer esse homicídio, como não foram esclarecidos de maneira cabal os homicídios do Escrivão Ramos, dos Delegados Alfredo Hardman e Robson Benedito Maia. É isso que dá perpetuar gente na Direção Geral.
 
Rinaldo Ribeiro em 26/06/2013 10:02:39
POR FAVOR, AOS DESOCUPADOS... NÃO FALEM O QUE NÃO ACRESCENTE, NÃO FAÇAM PIADINHAS !!!
Esse Cara é foi um exemplo do Direito! Um professor brilhante!!
Era um inconformado com os roubos públicos, falava e divulgava os erros que ele sabia, que pesquisava, devido a sua coragem, o assassinaram! e sinto em pensar que foi queima de arquivo, sim! um crime de colarinho branco!!
Coincidentemente depois das manifestações?? Coincidência não! Foi crime encomendado!!
Indignação é a palavra! E tristeza em saber que ele morreu por fazer o correto, o que todo cidadão de bem tem a obrigação de fazer!!
Que Deus conforte a todos que sofrem com essa tragédia!!!
Ao Paulo Magalhães, muito obrigado por tudo que nos ensinou! Que não seja em vão!
 
JOSIANE MEIRA em 26/06/2013 09:40:45
Hoje é um dia de extrema tristeza e pesar, acima de tudo para a família de Paulo Magalhães, pessoa ímpar, de caráter exemplar, figura das que não se encontra mais hoje em dia, Paulo mais parecia ter saído daqueles clássicos literários, onde o "mocinho" buscava a verdade e a justiça acima de tudo, e as pessoas sabiam quem era do bem e quem era do mal. Hoje, em meio a tanta corrupção, desonestidade e ardilosidade, não se omitia, não se acovardava, não temia o bandido que dizia se mocinho. Na verdade, perdemos todos, a sociedade campo-grandense, os sul-mato-grossenses e o povo brasileiro, infelizmente não acredito que haja "outros Paulo Magalhães". À esposa e filhos, meu imenso pesar.
 
Alessandra Siqueira em 26/06/2013 09:33:04
Aposto como tem muitos figurões dando suspiros de alívio com a morte desse cidadão.
 
Mathias Hanns em 26/06/2013 09:30:01
Sinceros respeitos à família da vítima, neste momento que não posso nem imaginar.Temos uma das melhores polícias do Brasil. Seja este caso esclarecido e os executores presos, antes que apareçam mortos, como no caso Rocaro. Não podemos admitir uma sociedade "sem lei", onde qualquer um sai matando quem quer que seja, isso de tempos em tempos e ficar por isso mesmo. É preciso que haja uma resposta rápida e eficaz contra esse tipo de pessoa, tanto a que mata, quanto a que manda matar, quando for este o caso. Acredito na honestidade das pessoas que comandam os órgãos da justiça. Acredito que são pessoas de bem e faço votos de que tenham sucesso no exercício de suas funções.O bem sempre vencerá o mal.
 
Reinaldo Oliveira em 26/06/2013 09:11:23
Em frente a uma escola! A que ponto chegamos senhores mandantes de crimes de pistolagem de MS...
 
Fabio Pellegrini em 26/06/2013 09:11:07
esse caso deve ser realmente investigado, não se pode descartar a possibilidade de queima de arquivo, é assim que a coisa funciona, alguém deve se privilegiar da morte não desse delegado, mais de um pai de família que não se conformava com a corrupção.
 
jose duran em 26/06/2013 08:41:23
“Hoje quero manifestar meus pêsames e profunda indignação, pois perdemos uma pessoa querida, um professor maravilhoso e que se propunha a se pronunciar quando muitos se omitia, ele tinha uma coragem enorme, estou orando por esta família pedindo que Deus as console e os proteja desses homens maus.
Eu deixo nas mãos de Deus o seu lema: “Nós agimos quando o poder público se omite”, e sei que Deus cuidará de Tudo.
Parabéns por tudo que foi, obrigada pelo que me ensinou em memória a “Paulo Magalhães”.
 
Franciele da Silva Mendes em 26/06/2013 08:32:06
Ele era a favor da PEC37 .. huuuuuuuuuuum
 
Hellen Melo em 25/06/2013 23:22:56
Eu tive a grande oportunidade de conhecer e com este gigante aprender a questionar tudo de errados que acontece a minha volta. Através deste professor visionário em certos momentos excêntrico mas de uma gana descomunal de justiça. Hoje infelizmente perdemos um professor, um delegado, um pai, um cidadão com grande vontade de transformar este estado e quem sabe este pais.
Meus sinceros sentimentos a família.
E que a justiça não seja cega neste momento em que perdemos este homem que sempre lutou pela justiça.
 
Lorna Miranda em 25/06/2013 22:50:54
APROVAÇÃO DA PEC300 JÁ
 
Marcos areias em 25/06/2013 22:06:47
Só não mencionaram que ele era professor universitário e semeou várias sementes entre os seus alunos... Esperamos que os autores desta brutalidade sejam identificados e paguem pelo que fez e que o mestre Paulo Magalhães não seja esquecido, pois lutou por esse país e confiou na possibilidade de um Brasil melhor!
#luto
 
Graciela de Sales em 25/06/2013 21:51:39
Um homem que brigava por acreditar na justiça....era contra a mordaça...
Espero que seus ex- alunos e alunos atuais possam organizar uma manifestação convidando todos os acadêmicos onde o o Dr.Paulo Magalhães dá aula e deu...não deixem calar a coragem deste homem polêmico que lutava nas esferas do DIREITO em busca de justiça...

Um professor ... um delegado...um advogado...um pai de família... um cidadão brasileiro.....
 
jose maria martins de brito em 25/06/2013 20:03:41
admirava a coragem do professor paulo em suas aulas de direito pena, ele não tinha freio na língua, uma perda e tanto!!! era o calo no sapato de muita gente grande!!!!!!!!!
 
Misael G. Nishimura em 25/06/2013 19:57:11
Meu professor tão querido, que Deus ilumine e dê forças a família, dele. Homem íntegro e inteligentíssimo, ironia do destino, neste momento de liberação das correntes do povo um grande lutador pelo fim das corrupções em todos os aspectos, muito triste!!Na faculdade estamos de LUTO por tempo indeterminado!!Queremos justiça doa a quem doer!!!!
 
Tereza Arruda em 25/06/2013 19:47:35
Minhas condolências à família.
 
Ana Cláudia em 25/06/2013 19:33:12
Meu amigo, você escolheu morrer pelas mãos de algozes, se fosse preciso, a ter que se submeter ao medo e às ameaças, que foram tantas (e eu presenciei). Mas continuou sua luta, com suas verdades, com sua honradez e sua ética. Tenho orgulho de ter sido sua amiga. Quem dera o Brasil tivesse uma grande penca de Paulos Magalhães Araújos, um homem que falava as verdades com tanto escracho e displicência que atemorizava os "normais", ao ponto de ser chamado de louco (fato esse do qual dávamos boas risadas, afinal, quem não é?). Sempre estive ao lado da sua loucura. Espero que seus algozes saibam que "maluco" que ameaça bandidos é igual praga, ainda mais nos tempos em que vivemos hoje no Brasil. Ninguém consegue esconder mais seus crimes. Os tempos mudaram. A verdade acaba prevalecendo.
 
tereza cristina razuk em 25/06/2013 19:30:28
Uma pessoa fora do comum, Paulo Magalhães só tinha um, quem o conheceu sabe do que estou falando, não tinha medo de nada e de ninguém, uma pena sua morte, nós seus alunos vamos sentir falta das aulas divertidas, únicas e com experiências e casos que só ele sabia contar e nos motivar na nossas escolhas... uma pena que a verdade incomoda muita gente...
 
Daniele Viegas em 25/06/2013 19:05:39
Não era apenas um delegado, era um excelente professor e um cidadão que lutava contra a corrupção, é a favor da PEC 37
A tua luta não foi em vão e com certeza a tua morte também não será.teus bons exemplos serão seguidos .QUANDO DERRUBAM UM VALENTE, DEZ LEVANTAM-SE PARA VINGÁ-LO, E PARA CONTINUAR A TUA LUTA
 
Maria Madalena Alves em 25/06/2013 19:01:30
O professor Paulo Magalhães foi um grande homem. Raçudo que só ele. Lutava contra a corrupção e denunciava vários atos de improbidade no Estado. Enfim, parece que começaram a calar bocas no Brasil.
 
Diego Augusto em 25/06/2013 19:00:21
MAIS QUE POUCA VERGONHA......MAIS UM PAI DE FAMÍLIA MORTO.......
 
VIVIANE FERREIRA em 25/06/2013 18:43:08
Serial killer.. primeiro o menino envolvido no jogo do bixo, depois o jornalista, agora o delegado... Estão calando a todos..
 
maria eulalia em 25/06/2013 18:41:35
Esse delegado esses dias vinha defendendo ferrenhamente
a PEC-37, tem que investigar tudo.
 
MARCIA CRISTINA em 25/06/2013 18:30:59
fiquei muito triste com a notícia. Paulo Magalhães foi meu professor na disciplina de Medicina Legal e participou da banca na defesa de minha monografia. Infelizmente as pessoas que primam pelo correto e denunciam irregularidades dos poderosos correm o risco
de terem o fim que teve hoje o nosso estimado Paulo.
 
Silvio Romano Cardoso em 25/06/2013 18:28:21
Que absurdo...Meu Deus... que trauma pra essa criança...encontrar o pai no fim da aula, dessa maneira.....Que Deus conforte essa família...e que a polícia consiga descobrir o porque... triste :(
 
Tamy Moreira em 25/06/2013 18:23:46
cara de coragem pois denunciava a sujeira da policia, mas é o destino de quem tem coragem pra isso. Desnecessário dizer que o crime, seus autores e mandantes jamais será conhecido.
 
Carlos Henrique em 25/06/2013 18:20:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions