A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/07/2012 22:19

Delegado que investiga estelionatários vai se reunir com comerciantes

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
Vários objetos adquiridos pelos estelionatários foram apreendidos pela polícia. (Foto: Viviane Oliveira)Vários objetos adquiridos pelos estelionatários foram apreendidos pela polícia. (Foto: Viviane Oliveira)

O delegado da 6ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, Valmir Moura Fé, vai se reunir nesta quinta-feira (26) com representantes da associação comercial da Capital para discutir falhas encontradas no sistema de concessão de crédito do comércio.

As constatações foram feitas durante investigações sobre uma quadrilha que aplicou vários golpes no comércio campo-grandense, adquirindo vários eletrodomésticos e móveis, entre outros produtos.

Em um desses golpes, a quadrilha comprou, e não pagou, vários pneus em uma revendedora dizendo ser para uma frota de caminhões em Dourados. Para criar crédito, eles usavam o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) de empresas fantasmas, que estavam inativas e eram mudados os nomes fantasia.

Ao todo, sete empresas foram usadas, em golpes que chegaram a render até R$ 68 mil contra uma operadora de cartões de crédito. A Polícia estima que o valor total dos golpes tenha sido de R$ 300 mil.

Algumas dessas empresas foram abertas em nome de Jeferson Ramos, que morreu em setembro de 2011. A mulher de Jeferson foi ouvida e diz desconhecer as empresas, e que não foi ele quem as abriu.

Nesta tarde, o delegado Moura Fé ouviu os ex-proprietários de uma empresa de gás, que foi repassada para a quadrilha, que mudou o nome fantasia se fazendo passar por uma empresa de transportes. De acordo com Moura Fé, a intenção é reunir todos os ex-sócios para esclarecer melhor a situação.

Walquiria Farina Oliveira, de 34 anos, e Walter Silva Paes, de 25 anos, já haviam sido identificados e estavam com mandado de prisão expedido. Agora, Cris Pereira Cornellas também tem mandado de prisão. Ela faz parte da quadrilha de estelionatários.

Entre os produtos adquiridos pelo bando, estão veículos, um carro da Citroen, um Corsa Sedan e quatro motocicletas. Vários móveis e eletromésticos foram apreendidos na casa - que Walquiria havia alugado - no Nova Lima.

Moura Fé também conta que a 6ª DP está investigando quem são os revendedores dos produtos adquiridos pelos estelionatários e como acontecia o esquema. Algumas lojas de móveis usadas da região já estão sendo investigadas.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions