A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/05/2015 12:10

Dentro da Máxima, presos gravam e divulgam dois vídeos sobre rebelião

Viviane Oliveira
Movimentação de bombeiros e policiais na manhã de ontem no Presídio de Segurança Máxima. (Foto: Marcos Ermínio) Movimentação de bombeiros e policiais na manhã de ontem no Presídio de Segurança Máxima. (Foto: Marcos Ermínio)

Com câmeras de celulares, os presos gravaram toda a movimentação do principio do motim, que ocorreu na manhã de ontem (8), no Presídio de Segurança Máxima, em Campo Grande. Em um dos vídeos divulgado pelo Dourados News, o preso filma e narra o que acontece no pátio da unidade.  

A confusão começou após um dos detento que estava no banho de sol, tentar fugir pulando uma grade que fica entre o muro da penitenciária e uma área de acesso proibido. Ao observar a tentativa de fuga, os policiais militares que fazem a segurança no local começaram a atirar e acabaram ferindo quatro presos.

Os presos baleados foram Valdiney Santos de Souza, 29, que estava na cela 105. Também foram feridos Renato Nunes Gonçalves, 25, também da cela 105, Wesley Henrique dos Santos, 27, detento da cela 11 e Itamar dos Santos Pinto, 24, que ocupava a cela 116. Os presos feridos tiveram os primeiros socorros no posto de saúde da própria penitenciária e em seguida foram levados pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa, onde permanecem internados, porém, apenas Valdiney está em estado grave.

O Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, disse em nota que será instaurando inquérito para apurar as circunstâncias em que se deram os fatos. Conforme o órgão, os policiais atiraram porque o preso, que tentou fugir, desobedeceu a ordem de retorno ao pátio. Assista os vídeos feito pelos presos; 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions