A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

28/01/2019 11:55

Denúncia de cantora-mirim levou a homem com fotos de bebês abusados

Nas fotos e vídeos armazenados nos celulares do suspeito há até bebês sendo molestados, além de crianças e adolescentes com artigos encontrados em sexy shops

Anahi Zurutuza e Mirian Machado
Casa da Mulher Brasileira, onde fica Deam, delegacia que recebeu a primeira denúncia (Foto: Mirian Machado)Casa da Mulher Brasileira, onde fica Deam, delegacia que recebeu a primeira denúncia (Foto: Mirian Machado)

A denúncia de uma jovem de 20 anos que foi assediada por seis anos levou a Polícia Civil à casa do homem, de 44 anos, preso em flagrante com material pornográfico infantil. Nas fotos e vídeos armazenados nos celulares do suspeito há até bebês sendo molestados, além de crianças e adolescentes com artigos encontrados em sexy shops.

Quem detalhada a prisão é a delegada Marina Lemos Monteiro Conceição, da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), que deu início à investigação, que agora será tocada em parceria com a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) por envolver menores de idade.

Ela explica que a jovem foi à Deam denunciar o homem, que é trabalhador autônomo, por perturbação. Desde o dia 6 de janeiro deste ano, depois de muito tempo sem ser importunada, a moça voltou a receber mensagens de WhatsApp do suspeito.

A vítima era cantora-mirim e começou a receber os textos “incômodos” do preso aos 14 anos, mas como tinha carreira artística ela e a mãe pensavam ser apenas mais um dos fãs. Só que recentemente ele foi além das cantadas e enviou para ela fotos do pênis.

De posse do boletim de ocorrência, a Deam pediu à Justiça um mandado de busca e apreensão. Com a autorização judicial, equipe vasculhou a casa do homem, no bairro Coronel Antonino.

No local foram encontrados vários celulares e também autorizados pela Justiça a quebrar o sigilo, os aparelhos passaram por perícia prévia. Segundo a delegada, a equipe encontrou uma infinidade de fotos e vídeos pornográficos cujos “personagens” são bebês, crianças e adolescentes e por isso, o suspeito foi preso em flagrante.

O suspeito passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (28) e teve o flagrante convertido em prisão preventiva (por tempo indeterminado). Ele responderá por divulgar e armazenar o conteúdo ilegal.

Menina de 4 anos é retirada da família após ter sido molestada por parente
Menina de apenas 4 anos foi retirada da família, depois de ter sido molestada por um dos parentes, na cidade de Três Lagoas, distante 338 quilômetros...
Idoso é preso após acusação de molestar estudantes em carro irregular
Um idoso de 72 anos, de Curitiba (PR), foi preso em flagrante na noite desta terça-feira (14), após ser acusado de mostrar o órgão genital de dentro ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions