A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/03/2016 16:06

Denúncia diz que falta de combustível atrapalha ação da Guarda Municipal

Thiago de Souza
Viaturas modelo Siena estariam sem combustível para rodar em Campo Grande. (Foto: Arquivo)Viaturas modelo Siena estariam sem combustível para rodar em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

Serviços da Guarda Municipal de Campo Grande teriam sido interrompidos por falta de combustível nas viaturas, conforme denúncia de um agente, que preferiu o anonimato, na tarde desta sexta-feira (18). O problema, segundo o relato, afeta todas as bases da corporação desde as 7h de hoje.

Demandas da corporação, como rondas em ruas, praças, escolas e na Praça Ary Coelho não podem ser feitas. Somente estão em operação as motoviaturas da Guarda.

Outro serviço que não pode ser realizado é o atendimento de ocorrências repassadas pela central de videomonitoramento no Centro da cidade. “Na manhã de hoje só as motos foram atender o processo de transferência de famílias da favela Cidade de Deus para outros locais”, apontou o denunciante.

A segurança no protesto a favor do Partido dos Trabalhadores, denominado de “Ato contra o golpe e a favor da democracia”, marcado para às 16 horas dessa sexta em frente a TV Morena, na Avenida Eduardo Elias Zahran teria a presença da Guarda Municipal, conforme o agente, mas foi cancelada por conta da falta de viaturas.

Segundo a assessoria da Prefeitura Municipal, o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar acionou a Guarda Municipal para prestar apoio na segurança do evento. Porém, uma equipe do Campo Grande News, presente na cobertura do protesto, não registrou a presença de guardas municipais no local, pelo menos até às 16h25 de hoje. 

Na base do Centro existem três motoviaturas, um veículo Siena e uma Blazer. São dez agentes que cumprem turno de 24 horas e que não podem se afastar da base, a não ser por meio das motos.

As viaturas da Guarda Municipal são abastecidas por meio de convênio com a Rede Taurus, a mesma que fornece combustível para a Polícia Militar.

Segundo o denunciante, a falta de combustível já ocorreu este ano, mas foi resolvida rapidamente.

No momento do fechamento deste texto, o secretário Municipal de Segurança Pública, major Luidson Noletto, estava em reunião e não pode nos atender. A assessoria de imprensa da Prefeitura, que estava na mesma reunião, informou que não houve falta de combustível na coorporação em nenhum momento.



Pra que combustível...
Esses dias passei por 6 motos e dois carros desse siena novo, todos andando junto na av. Gury Marques.
Gastando combustível, essa quantia de homens e vtrs poderiam estar divididas em três guarnições em diversos pontos da cidade. Onde está o quadro de trabalho desse grupo?
 
Lucatop em 18/03/2016 17:38:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions