A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/09/2012 13:00

Depois de perder filhos: culpa, choro e medo de crime ser apenas mais um

Aline dos Santos e Mariana Lopes

Relato de pais foi entrecortado por lágrimas e lembranças de seus meninos

Paulo e Rubens: irmãos na dor. (Foto: Rodrigo Pazinato)Paulo e Rubens: irmãos na dor. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Unidas pela amizade, as famílias dos universitários vítimas de roubo seguido de morte dividem hoje a mesma dor. Os pais de Breno Luigi Silvestrini de Araújo, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, deram entrevista à imprensa. Já as mães preferiram o silêncio. Lilian Silvestrini, mãe de Breno, se despediu do filho com um relato de gratidão e dor postado no Facebook.

“Que a morte de meu filho e do Leonardo não seja em vão, peçam, incomodem as autoridades para que nenhuma mãe tenha que passar pela pior experiência da minha vida de ter que enterrar o meu amado Breninho, na flor dos seus dezoito anos”, escreveu.

Em coletiva à imprensa, num relato entrecortado por lágrimas, culpa e lembranças de seus meninos, Rubens Silvestrini e Paulo Fernandes falam do temor de o crime ser apenas mais um. “Daqui 30 dias vai cair no esquecimento. Daqui três, cinco anos, os bandidos vão estar soltos, na rua de novo e bem jovens para cometer outros crimes”, afirma Paulo, pai de Leonardo.

Por vezes emocionado, ele conta da angústia vivida na sexta-feira. O filho e o amigo desaparecidos. Enquanto a Pajero em que estavam foi localizada em Corumbá. “Tinha esperança de ter boas notícias. Já perdi meus pais, um irmão, mas perder um filho é a pior dor. Preferia ter perdido uma parte do meu corpo”, diz, em busca de comparação que pudesse transmitir aos ouvintes o tamanho do seu sofrimento.

Pai de Breno, Rubens conta que fica, até mesmo, uma sensação de culpa. “Por que não fiz isso, por que não fiz aquilo”, relata, sobre os dilemas que rondam a cabeça de um pai ao saber que nunca mais verá o filho.

Um alento veio na passeata de ontem, quando duas mil pessoas foram à avenida Afonso Pena para pedir um basta à violência. “Fiquei muito emocionado. Mas será que os jovens estão pensando nisso enquanto fumam, usam droga. Esses crimes fazem parte do tráfico”, questiona Rubens.

Os jovens foram rendidos após saírem do Bar 21, no bairro Miguel Couto. Os assaltantes pretendiam levar a Pajero para “virar” três quilos de cocaína na Bolívia.

Foram presos Dayane Aguirre Clarindo, de 24 anos, o marido dela, Rafael da Costa Silva, de 22 anos, Weverson Gonçalves Feitosa, de 22 anos e Raul Andrade Pinho, de 18 anos. O crime ainda envolveu um adolescente de 17 anos, irmão de Rafael, que dirigiu o carro que os bandidos utilizaram para chegar até as vítimas.



Professor Silvestrini e Leonardo, meus sentimentos pelas perdas de vocês! Que Deus vos abençoe!
 
Kleber G. Abitante em 29/09/2012 05:53:29
A leniência das nossas leis com os que a infringem é a meu ver a parte mais nefasta do histórico das atrocidades que ocorrem. Pois vejamos: os bandidos sempre vão existir, mas saber que terão uma punição branda torna as coisas extremamente piores. Por que não punir rigorosamente um infrator depois da prova do seu delito? O que faz os nossos legisladores retrancar tanto uma verdade tão inequívoca?
 
Pedro G. Piovanter em 05/09/2012 08:25:56
Perdi meu pai e mãe drásticamente, meu filho de 19 anos foi assaltado recentemente, imagino como é a dor destas famílias, que Deus abençoe e proteja-os. Não há dúvidas, a PENA DE MORTE tem que ser imediata.
 
angelina penze campagna nunes da cunha em 04/09/2012 08:45:28
sou pai de dois filhos. morte a esses bandidos
 
fernando correa em 04/09/2012 08:00:29
Enquanto o país não tiver cultura,não haverá mudança,enquanto o país não tiver nas urnas 50% de votos NULOS,nem um candidato vai fazer alguma coisa,enquanto o Brasileiro não tiver a força a garra e a coragem de lutar por um pais melhor,brasileiro é fraco, preferem uma roda de terere de 30mil pessoas,do que uma passeata de apenas 2000pra lutarem por algo verdadeiro,que é o direito de VIVER.
 
merlei bueno em 03/09/2012 10:59:29
Professor Rubens que Deus conforte sua família e a de Leonardo Batista, quando sentir saudades, acredite somente ele poderá vos ajudar, confie.
 
Rosangela Cristina Romualdo Miranda em 03/09/2012 10:06:45
Estou muito envergonhada, pois sou de Aquidauana e acreditava ser uma cidade linda por natureza e quando me deparo com esses monstros sem piedade nenhuma do ser humano comete um crime bárbaro, só pelo simples fato de vender um carro no país vizinho, o que esta faltando para o nosso PAÍS mudar esse código penal ultrapassado?
Pena de morte para esses crimes.
 
Rosangela Cristina Miranda em 03/09/2012 09:58:18
Alem de lutarmos pra que haja mundanças urgentes no codigo penal do br.,devemos ressaltar que a segurança em nossa cidade e nota zero.Os traficantes e usuarios de drogas tem livre acesso em qualquer lugar desta cidade.
 
marly garcia gonçalves em 03/09/2012 09:21:39
Queremos mandar nosso pesar as familias que perderam seus filhos tão tragicamente, essa mesma dor nós tambem sentimos quando perdemos nosso amado filho com 16 anos em 1992 em um acidente de carro na afonso pena, que Deus os abençoe e de muita força fiquem tenham muita fé.
 
maria ines fernandes machado em 03/09/2012 09:02:17
Pena de morte, prisão perpétua, isso que precisa ter. Chega dessa conversa fiada de direitos humanos para bandido. Os que defendem isso, pois que levem os bandidos pra casa. Essa OAB defende bandido porque advogado só está interessado em dinheiro. Agora os políticos não fazem leis nesse sentido porque o povo agora fica elegendo Tiririca, Romário. Esses mal sabem escrever, quem dirá fazer lei.
 
Rafael Santos em 03/09/2012 08:26:27
parabéns sr Eleonor Avence, nada de moleza para esses criminosos, cadeia neles !! e por favor pessoal da redação, que publiquem todos os meus comentários de manifesto e solidariedade às famílias das vítimas, que sejam lidos por todos os internáutas,
 
jose ajala em 03/09/2012 08:24:51
meus pêsames à família enlutada, corretíssimo q esses selvagens ñ merecem viver, ainda + viver nas nossas custas e do governo, certamente q eles irão responder processo em liberdade, semi aberto p/ eles ? lá tá cheio de bandidos q cruzam as ruas da VILA SOBRINHO, gritando e acelerando suas motos e carros barulhentos incomodando os moradores daquele condomínio, fora seus porcarias!!!
 
jose ajala em 03/09/2012 08:16:05
Os jormais pouco noticiaram, mas esses criminosos assassinaram friamente o piloto da TAM - MARCO ANTONIO LEÃO RAMOS, no dia 1º.8.2012, em Anastácio-MS, para roubar sua HILLUX, ou seja, há menos de um mês do crime dos jovens Breno e Leonardo. Se esses criminosos tivessem sido presos qdo assassinaram o piloto, os rapazes vitimados teriam sido poupados.
 
Angélica Guedes em 03/09/2012 08:04:00
Nao existem palavras que possam ser ditas nessa hora de muita dor, para uma brutalidade, monstruosidade com que foi acometido esses jovens, que perderam a vida de uma forma horrenda, colocar culpa em A ou B, não vai trazer eles de volta, a dor dessas familias nem mesmo o tempo apagara, mas que os governantes sao os maiores culpados, ja esta na hora de rever nosso Codigo Penal, arcaico.
 
Ramona Pereira Lopes em 03/09/2012 05:55:00
Inelizmente enquanto estivermos com essa Lei de Execução Penal pensando em ressocializar o nosso preso, nas condições dos presídios brasileiros, colocando os mesmos em liberdade vigiada ou não, vamos ter que assistir a barbarie de assassinatos de filhos de amigos nossos e amigos de nossos filhos.
Ou mudamos e endurecemos a Lei Penal, não o tão massacrado Código Penal de 1940, e sim a Lei de Execução Penal vamos conviver com essa barbarie, pois a sensação de impunidade sentida não só pelos bandidos, mas por todos nós, ficaremos a mercê de que um dia poderá ser um filho nosso.
70% da massa carcerária brasileira são de pessoas que tem o ensino fundamental completo ou não.
0,1% são de pessoas de escolaridade Superior.
Parece que ninguem enxerga que falta escola neste Brasil de vários brasis. A educação é a solução para estes casos, dizem os números.
Que DEUS, o Grande Arquiteto do Universo, traga conforto a familia destes meninos, especialmente ao Rubens Silvestrini.
 
Jose Armando Amado em 03/09/2012 05:48:00
infelismente a dor agora de não ter ao lado pessoas q eles tanto amam, que Deus tenha misericórdia desses homens q fizeram tão cruel
 
Jo Santana em 03/09/2012 05:38:36
Não posso imaginar a dor que essas famílias estão sentindo, mas peço ao meu bom DEUS que lhes dê o conforto necessário a cada um de vocês. A questão levantada pelo Sr. Rubens Silvestrini, é muito pertinente: Muitos dos que hoje protestam, estarão consumindo DROGAS e financiando esta INDÚSTRIA DA VIOLÊNCIA. Você que "só fuma um baseadinho", ajuda a financiar práticas como essa, com o seu dinheiro.
 
Thiago de Souza em 03/09/2012 05:26:28
"Impossível governar com este Congresso. É mister que ele desapareça para a felicidade do Brasil."
Frase do Marechal Deodoro da Fonseca
Não queremos ouvir isso de novo. E esperamos que o Congresso passe a atuar verdadeiramente para o povo dando fim aos escândalos que abalam o país nos últimos anos.
Precisamos de paz, segurança e justiça. Não ao homicídio, ao roubo, a corrupção, etc..
 
Julio Nogueira em 03/09/2012 04:58:15
Olho por olho, dente por dente. Na China, país super populoso em que não há espaço para bandidos. Pena de morte aos traficantes também são como câncer na sociedade moderna.
 
Aldo de Queiroz Jr em 03/09/2012 04:34:00
Nós que moramos no Brasil, temos que cobrar das pessoas que governam este país os principios basicos pra seu desenvolvimento, saude educação só assim teremos mais segurança e acima de tudo um codigo penal que nao fique so na gaveta dos juizes, mas que ande debaixo do braço de todos os magisterados deste país.....ninca devemos desanimar nem levar dasanimo aos nossos pequenos que estao começando
 
joao mamede de souza em 03/09/2012 04:22:50
Com certeza será mais dois, logo cai no esquecimento das pessoas, ficando aos familiares a dor da perda.
 
Sônia Martinez Fonseca em 03/09/2012 04:01:00
é difícil acreditar que pessoas possam tirar vidas inocentes, como c não valecem nda, estou muito triste pelo fato e isso não sai da minha cabeça nenhum estante, por tamanha maldade que vizeram com essas vidas, dois rapazes bonitos, decentes, que não faziam mau a niguém. Será que é certo isso? e ainda dizem que no Brasil não pode existir pena de morte, ate quando teremos que viver com a marginalid
 
vanessa santos ovidio em 03/09/2012 03:59:25
Srs politicos só existe uma coisa pra mudar esta violência....MUDANÇA EM NOSSO CÓDIGO PENAL... porque senão bandidos como estes continuarão a praticar estas barbariedades... porque tem certeza que sairão impunes... e voltarão pra rua pra cometer outras barbariedades. Não adianta um policial a cada esquina, não vai resolver, temos que mudar nosso código penal, penas severas......
 
Mariza Correa em 03/09/2012 03:56:00
ESTOU MUITO TRISTE ...DÓI SOU MÃE, TENHO FILHOS UNIVERSITÁRIOS, SÓ DEUS PRA NOS AJUDAR....A POLICIA MEUS PARABÉNS, AOS PAIS E FAMILIAS MEUS SENTIMENTOS, AGORA SÓ DEUS PRA CONFORTAR O CORAÇÃO.....
 
DALVA LOUREIRO SARAVY em 03/09/2012 03:55:14
Sei exatamente a dor que estes pais estão passando... pois perdi meu filho quando ele iria completar 20 anos... na flor da idade, quase terminando a faculdade, foi acidente de carro ninguem teve culpa, foi uma fatalidade... mas dor é a mesma, qdo vi a matéria dos meninos... senti a dor destas mães. Que Deus abençõe a cada uma dessas mães, porque não existe palavras... nem consolo.
 
Mariza Correa em 03/09/2012 03:52:31
Sei a dor que os pais estão passando, apesar de perder meu unico filho, por meio natural, a dor é um tormento e a saudade é constante, mas acredito que nesta vida " nada é por acaso " e Deus nos dá o conforto, desde que acreditemos que ele existe, neste momento sei que há a revolta o ressentimento, a culpa, mas peço a vcs pais que tenham a certeza de que nunca os deixaram, e fizeram tudo por eles.
 
Aparecida Narciso em 03/09/2012 03:24:13
Ao professor Rubens Silvestrini deixo meu abraço amigo e de conforto a sua familia.
 
Edson Fontoura em 03/09/2012 03:21:50
Juri popular.
Sem beneficios de reduçao de pena.
Prisão de hoje até o dia do julgamento.
Se fugir, fuzila.
 
Eleonor Avance em 03/09/2012 03:15:09
Agora ninguém bebe?
 
Guilherme de Almeida Santos em 03/09/2012 02:50:47
Por ser pai estou com o coração na mão, mas todos esses crimes são motivados pelo mesmo foco...Drogas!!! Pobres e ricos, bandidos e pessoas do bem, Jovens e até pessoas mais velhas estão usando drogas!! Será que essas pessoas não vão cair na real que isso é o mal da humanidade? Como fala pra mim pra que usar drogas? Isso esta acabando com as familias!!
 
Márcio Martins em 03/09/2012 02:26:40
O ser Humano é egoísta por natureza, e acha que nunca vai acontecer com ele. Quando o Brunão foi assassinado fizemos várias manifestações, no começo ia bastante pessoas, depois foi diminuindo... Continuo minha luta por justiça, porém o assassino continua em liberdade, impune e protelando o julgamento até cair no esquecimento... Se depender da familia não vai cair no esquecimento.
Brunão, saudades
 
João Márcio Escobar em 03/09/2012 01:46:34
Desde o primeiro momento que soube do desaparecimento de seus filhos, Oro a Deus por voces, pais, mães e familiare, primeiro para encontra-los com vida, depois para que Deus em sua grandeza possa confortá-los, dando-lhes força, Amor e esperança.... sou mãe e me coloco em seu lugar. E digo era contra a pena de morte, pela minha fé, mais hoje sou a favor pela Razão.
 
Carla Dilene Fernandes Almeida Lima em 03/09/2012 01:44:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions