A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/12/2013 16:48

Diário Oficial com reajuste de 5,58% na tarifa de água atrasa seis horas

Edivaldo Bitencourt
Consumidor da Capital vai pagar mais caro pelo consumo de água a partir de janeiro (Foto: Cleber Gellio)Consumidor da Capital vai pagar mais caro pelo consumo de água a partir de janeiro (Foto: Cleber Gellio)

A Prefeitura da Capital atrasou seis horas, nesta sexta-feira (27), a publicação do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) que traz o reajuste de 5,58% nas tarifas de água e esgoto. O prefeito Alcides Bernal (PP) também autorizou o aumento nas taxas pagas pelos passageiros do Terminal de Passageiros Antônio Mendes Canale.

As novas tarifas de água e esgoto, com reajuste que oscilam entre 5,5% e 5,61%, entram em vigor a partir de 27 de janeiro deste ano. A Águas Guariroba está autorizada a elevar a tarifa social, com consumo de até 20 metros cúbicos, de R$ 1,29 para R$ 1,36 para a água e de R$ 0,90 para R$ 0,95 sobre o esgoto.

Conforme o decreto, a tarifa de água para consumo de até 10 metros cúbicos passa de R$ 2,86 para R$ 3,02, enquanto a de esgoto, de R$ 2,00 para R$ 2,11. O valor pode chegar a R$ 7,03 para o consumo acima de 50 metros cúbicos.

Já a tarifa para o setor comercial passa de R$ 3,92 para R$ 4,14 para as contas de até 10 metros cúbicos e acima deste consumo, de R$ 8,05 para R$ 8,50. A indústria vai pagar de R$ 6,48 a R$ 11,47 pelo metro cúbico da água, dependendo da faixa de consumo, enquanto o poder público desembolsará de R$ 3,77 a R$ 15,64.

Rodoviária – Já os passageiros vão pagar 5,58% mais caro pela tarifa de embarque na Rodoviária de Campo Grande a partir de 1º de janeiro. O valor para quem usa as linhas metropolitanas passa a ser de R$ 0,77, enquanto os das municipais, de R$ 3,66.

A taxa de embarque para as viagens interestaduais e internacionais será de R$ 5,07.

Coincidência – Desde a posse do atual prefeito, o Diário Oficial de Campo Grande é publicado com atraso, entre às 10h e 11h da manhã. Hoje, excepcionalmente, a publicação só ocorreu por volta das 16h20.

Segundo a assessoria da prefeitura, o atraso ocorreu devido a um problema técnico.

O Campo Grande News tinha antecipado o reajuste na tarifa de água e esgoto no dia 16 de dezembro. No entanto, o aumento foi inferior ao publicado pela reportagem.

Bernal vai autorizar aumento de 5,93% na tarifa de água em janeiro
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), vai autorizar reajuste de 5,93% nas tarifas de água e esgoto a partir de 1º de janeiro. Ele também d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Político é tudo igual, e as promessas da campanha eleitoral? Existe inércia para o desenvolvimento da cidade, agora quando o assunto e aumento de tarifas, aí o Homem fica bom de serviço!!!!!!
 
Silvano Mendes em 27/12/2013 17:05:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions