ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 26º

Capital

"Dinheiro para manter minha firma se foi", diz vítima de golpe de falso gerente

Golpista se passou por gerente de banco e conseguiu todos os dados da vítima, incluindo a senha

Por Aletheya Alves e Cristiano Arruda | 15/09/2021 12:54
Golpista pediu fotos da vítima segurando documentos pessoais. (Foto: Cristiano Arruda)
Golpista pediu fotos da vítima segurando documentos pessoais. (Foto: Cristiano Arruda)

Nervoso, empresário de 67 anos, que perdeu R$ 120,5 mil durante golpe de estelionatário, segue sem acreditar que todo o seu dinheiro foi levado. Além de perder o alto valor, o homem ganhou uma nova preocupação, ao descobrir que o golpista conseguiu abrir uma nova conta em seu nome para fazer as transferências.

Durante os últimos cinco anos, o homem tem se dedicado à sua empresa de transportes. Conforme relatado pelo empresário, o desespero não sai de sua cabeça, desde que descobriu o golpe nesta terça-feira (14). “Não sei o que vou fazer, estou me sentindo lesado e muito nervoso. O dinheiro para manter minha firma se foi e agora, o transtorno ficou”, resume.

Ao explicar sobre ainda estar tentando entender a sensação de ter sido enganado, o homem conta que comprou um celular com acesso a aplicativos bancários há pouco tempo. Por isso, não dominar o ambiente digital foi um dos pontos que o levaram a cair no golpe.

Nada simples, o empresário relata que toda a estratégia produzida pelo estelionatário foi muito bem desenvolvida e implementada. Após se identificar como gerente durante a última sexta-feira (10), o golpista perguntou se a vítima não tinha conseguido sacar um valor e que isso havia ocorrido devido ao cartão estar bloqueado.

De acordo com o empresário, o golpista solicitou uma cópia de todos os seus documentos, fotos de perfil e senha. A conversa retornou nesta segunda-feira (13), quando a vítima enviou o que o homem tinha pedido.

Após ter passado todos os seus dados, o homem retirou um extrato para verificar um pagamento realizado por cliente ontem (14) e descobriu que duas transferências retiraram todo o dinheiro que possuía. De acordo com o empresário, ao ir até seu banco para verificar sobre o golpe, ele descobriu que o estelionatário havia usado seus documentos pessoais para abrir uma nova conta em outro banco e receber o dinheiro.

Se preparando para seguir em busca de seu dinheiro e entender como encerrar a outra conta criada em seu nome, o homem explica que registrou boletim de ocorrência e irá entrar em contato novamente com seu banco. “Se eu não conseguir com eles, vou entrar com uma ação contra o banco”, diz.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro. A orientação da Fenabran (Federação Nacional dos Bancos) é de que dados pessoais, bancários e senhas nunca devem ser compartilhados por mensagens ou ligações.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário