A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/06/2013 09:49

Direção recorrerá para Adalberto Siufi continuar fora do Hospital do Câncer

Aline dos Santos

A direção do Hospital do Câncer aguada notificação para recorrer da decisão judicial que determinou o retorno do médico Adalberto Abrão Siufi ao corpo clínico. “Vamos entrar com recurso. A decisão foi em caráter liminar e não fomos ouvidos”, afirma o diretor-presidente do hospital, Carlos Alberto Moraes Coimbra.

Até março deste ano, quando a operação Sangue Frio revelou um esquema que ficou conhecido como Máfia do Câncer, Siufi era diretor-geral do Hospital do Câncer. A primeira tentativa para retirá-lo do cargo foi do MPE (Ministério Público Estadual). O médico foi denunciado por contratar a própria empresa, prática ilegal. Outro detalhe é que o contrato previa o pagamento do valor estipulado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), mais acréscimo de 70%. A empresa é a Neorad, cuja razão social era Saffar & Siufi Ltda.

No dia 18 de março, a operação da PF (Polícia Federal) aprendeu documento na casa do médico e no hospital. Ele foi afastado da direção pelo Conselho Curador. No dia 8 de maio, Siufi também foi afastado das funções de médico.
O contrato de prestação ser serviço para o hospital é por meio de pessoa jurídica, no caso a Siufi e Saffar, que pertence a Adalberto e Issamir Farias Saffar.

No entendimento do médico, o afastamento foi irregular, afrontando ordenamento jurídico e o regimento interno da Fundação Carmem Prudente, mantenedora do hospital, e regimento do próprio HC.

Como argumento, Adalberto Siufi usou o fato de ter sido afastado em reunião extraordinária no dia 7 de maio, o que contraria o regimento, que aponta que qualquer membro do corpo clínico suspeito de infração tem de passar por sindicância de 30 dias antes de qualquer medida. A liminar foi deferida pelo juiz da 4ª Vara Cível de Campo Grande, Geraldo de Almeida Santiago.



Vamos aguardar a apuração dos indícios de suspeita.
O Brasil é o país do pré-julgamento.
Nunca existe acusado, é sempre pré-culpado!!!!!!
Que democracia é essa??????
Pensem pessoal!!!!!
Dr Coimbra cheira esquema!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
José Henrique Medeiros em 06/06/2013 13:53:59
À direção do HC
Tem um dito: " pau que nasce torto morre torto " este cidadão médico e alguns dos nossos vereadores, infelizmente estão se comportando como este vegetal. E viva a democracia hipócrita onde os derrotados se sentem " o cara ".








































































 
Pedro R Correa em 06/06/2013 11:39:59
Isso é uma vergonha! O cara rouba dinheiro de pessoas doentes, superfatura seu serviços particulares, pessoas morreram pela falta de atendimento escasso pela falta da verba, não vai preso, não devolve o dinheiro roubado e continua no cargo! Isso é "brasil"! Digo a todos que posso que não contribuam com o HC até que seja presos os envolvidos e devolvido o dinheiros roubado com juros e correção. Todas essas matérias eu envio a todos grandes jornais estrangeiros para mostrar a criminalidade nos poderes do "brasil". E o povo ainda é obrigado (voto não direito é obrigação!) a escolher um ladrão nas eleições, sou mais o Beira-mar para presidente! Lá as leis do pcc é feita a risca!
 
Alexandre de Souza em 06/06/2013 11:37:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions