A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/01/2013 19:46

Dois bairros e um problema comum: o medo dos bandidos

Viviane Oliveira
Comerciantes e moradores vivem com medo de assaltos. (Foto: Luciano Muta)Comerciantes e moradores vivem com medo de assaltos. (Foto: Luciano Muta)

Mesmo com muro alto, cerca elétrica, grades e câmeras de segurança, os comerciantes e moradores do bairro Carandá Bosque e Mata do Jacinto, na região Norte, em Campo Grande, tem sofrido com a ação de bandidos no local.

Uma loja de objetos de pequenos reparos na rua Vitório Zeolla foi recém inaugurada, mas já foram instaladas quatro câmeras de segurança. Apesar do local não ter sido assaltado, a funcionária Michela Vargas, de 24 anos, explica a preocupação do dono do estabelecimento, que montou o comércio a pouco mais de um mês.

“Aqui os assaltos são constantes. Por causa do medo venho trabalhar sem bolsa. Trago só o meu celular para não chamar muita atenção”, disse.

Michela, mora perto do trabalho, e conta que a região é alvo dos bandidos. “No ano passado pelo menos cinco residências na rua da minha casa foram roubadas”, afirma.

Próximo dali, no bairro Mata do Jacinto, os moradores também vivem com medo atrás de grades e vigiados por câmeras.

A dona de uma conveniência, que pediu para não ser identificada, na rua Olimpio Klafke, conta que após às 22h fecha as portas e passa atender por uma janela feita na grade de proteção. “Depois que fui vítima de um assalto, procuro não facilitar muito”, afirma.

Na mesma rua, o comércio da família de Larissa Lopes, de 25 anos, já foi alvo de bandidos por pelo menos 15 vezes. O última foi em dezembro do ano passado, quando o assaltante levou R$ 600. “Ele chegou, apontou a arma para a minha mãe, pegou o dinheiro e saiu a pé calmamente, como se nada tivesse acontecido”, lamenta.

Mas um dos momentos mais traumáticos que Larissa relembra, foi o assalto que resultou na morte do ladrão. O rapaz colocou a arma na cintura da minha mãe e anunciou o roubo, porém ele não sabia que no interior da padaria havia um policial, que estava armado.

Ao reagir o ladrão morreu com dois tiros e o comparsa, que estava aguardando de moto, tentou fugir e morreu após se envolver em um acidente. “Tem que ter mais policiamento no bairro, principalmente à noite. Até quando vamos ter que passar por isso”, questiona.

Policiamento – O tenente Wellington Lopes Lafayette Julião, do Pelotão da Vila Margarida, responsável pelo policiamento na região, disse que nos dois locais as rondas foram reforçadas. Segundo ele, no bairro Carandá Bosque os policiais fazem rondas constantemente e tem um trabalho preventivo com os moradores.

“Os militares visitam os comércios para saber qual é a rotina deles e se tem algum suspeito rondando a área”, afirma. Já na Mata do Jacinto, o tenente informou que há três meses dois policiais circulam a pé no bairro. “Além dos policiais de viatura e de motos que monitoram a área”, finaliza.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


na regiao perto da escola estadual jose maria hugo rodrigues, falta policiamento, muitos ja foram roubados....
 
vinicius da silva em 01/02/2013 13:12:01
a falta de policiais da PM nos bairros nem se fala, no centro da cidade, fim d semana, feriado, e d noite, a hora em que milhares de trabalhadores estão saindo do trabalho não se encontra Nenhum policial nas ruas d campo grande. muito mal planejada essa segurança pública de campo grande, tanto no centro quanto nos bairros.
 
josimar arruda em 01/02/2013 12:15:51
Concordo com o Alexandre, pois moro no Bairro Leon de Conte Denizarte ao lado do Jardim Noroeste (próximo ao Parque do Poderes), Ontem (31/01) por volta das 21:30hs entraram na Casa do meu Vizinho e fizeram a Limpa!!! Mesmo a Casa tendo Cerca Elétrica.... Aí entraram na Casa do meu outro Vizinho, porém tinha gente, porém "Eles" perceberam e fugiram...... Chamamos a Polícia e vieram rapidinho!!! Nós suspeitamos que sejam Ex-presidiários que foram soltos recentemente...... A Polícia faz a sua parte, porém o Judiciário....... Sem comentários.......
 
Vanessa Dias em 01/02/2013 11:12:22
Não só os bairros citados, a região em todo o conjunto novos estados também está insuportável, minha casa já foi roubada três vezes, mesmo com cerca elétrica, alarme, e mesmo com a proximidade da 3ª Dp como mencionado, estamos inseguros, vimemos com medo, saímos de casa pensando se em quando voltarmos a casa ainda vai estar intacta!
 
Jackson Antunes em 01/02/2013 11:06:25
Recentemente a PASTORAL CARCERÀRIA, influenciou de forma contudente para o veto da presidente brasileira no que se referere ao porte de arma de fogo para os servidores do Sistema Penitenciário brasileiro. Porém, qual a ação concreta e efetiva tal entidade tem feito contra a criminalidade? tem tentado desarmá-los? e quanto as vítimas, ha algum tipo de amparo?.......
 
Tarley C. Barbosa em 01/02/2013 08:28:55
É ABSURDO POPULACAO TRABALHA PAGA IMPOSTOS NAO PODE VIVER TRANQUILO NEM ANDAR DE BOLSA NA RUA PODE,,, SERA Q NAO TEM COMO POLICIAIS DAR MAIS ATENCAO NESSA REGIAO? OU SEJA DAR MAIS SEGURANCA PRA POPULACAO,,,EU SEI QUE TA COMPLICADO Q POLICIA FAZ SUA PARTE PRENDENDO BANDIDOS ,,,, A JUSTICA NAO AJUDA E SOLTA ,, SEI AS VEZES POLICIAIS CANSA DE PRENDER O MESMO CARA SEMPRE PORQUE TEM BANDIDO QE JA É CLIENTE DA VIATURA ELES PRENDEM JUSTICA SOLTA E ASSIM VAI, ENQUANTO ISSO A POPULACAO NAO TEM PAZ DE VIVER, TEMOS TRABALHAR PAGAR IMPOSTOS E VIVER PRISIONEIROS EM CASA ,, ME DIZ SE É JUSTO ISSO? SR SECRETARIO SEGURANCA É JUSTO??? ATE QDO ???,
 
ROSILENE LEONEL em 01/02/2013 08:18:01
TODOS OS BAIRRO DE CAMPO GRANDE E CREDITO QUE DE TODO O BRASIL SOFREM COM A FALTA DE SEGURANÇA TOTAL , TODA AS REGIÃO NINGUEM SE SENTE EM SEGURANÇA , É DE NORTE A SUL E LESTE A OESTE DA CIDADE, A PERIFERIA DA CIDADE ESTA ENTREGUE A "DEUS" SOMENTE, ENQUANTO O DINHEIRO PUBLICO SÓ É USADO PARA DAR AUMENTO DE 80% A VEREADORES E POLITICOS EM GERAL, NUNCA VAI SOBRAR DINHEIRO PARA A SEGURANÇA, É LEI PARA O POVO SÓ "PROMESSAS" PARA O ANO QUE VEM CLARO. POLICIA NUNCA APARECE ANTES, SEMPRE DEPOIS, ATÉ PARECE QUE À UM ACORDO ENTRE OS POLITICOS, BANDIDOS E POLICIA, POR QUE NÃO SE TOCA NO ASSUNTO EM SEGURANÇA E POLICIAMENTO NOS BAIRROS, PARECE QUE A CIDADE JA FOI DIVIDIDA EM LOTES, O CENTRO TEM POLICIAMENTO, A CAMARA E A ASSEMBLEIA TEM SEGURANÇA E OS BAIRROS SÃO DOS BANDIDOS.
 
josé carlos marani em 01/02/2013 08:05:16
o bairro onde moro também esta perigoso é bandido, usuário de dia e de noite, não horas, deixar a casa durante o dia é um perigo, á noite nem se fala, bairro nossa sra das graças, jd paquetá, bairros ao lado da copasul.
 
marcia regina dos santos em 01/02/2013 07:15:40
Larissa Lopes você pensa como 90% dos cidadãos de Campo Grande, mas vocês devem ler as matérias polícias por completas, assim como assistir mais reportagem da cidade e você como os 90% da população ficará mais chocada ao saber que 99,99% dos crimes acontecidos são por ex-presidiários ou detentos que ganhoram algum benefício, ou seja se o cara esta sendo preso por mais de um vez (tenho um conhecido policial que ja prendeu 4 vezes em um mês o mesmo criminoso!) é porque a polícia esta fazendo sua parte. Então o erro esta sendo no judiciário que liberta criminoso que afirmam voltar para o crime ou que por várias passagens é nítido que nunca será um cidadão! Pense bem antes de falar que a falha esta na polícia pois creio que ela erre 5% eo juíz erre 95% !
 
Alexandre de Souza em 31/01/2013 23:15:27
Não, não é por aí não. Contamos com segurança de nossa polícia ativa aqui na região da policia militar e da competência dos Delegados do 3a DP (Dr Dimitri e Dr Márcio) e os investigadores da Polícia Civil desta delegacia.
 
Miguel Angel Rejala em 31/01/2013 21:47:45
Vocês esqueceram de sitar aí o bairro Estrela Dalva está demais a ousadia dos bandidos minha casa já foi ropada.
 
Fatima Oliveira em 31/01/2013 21:35:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions