A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/02/2013 09:24

Dois dias depois de desfile, estrutura continua na Praça do Papa

Paula Maciulevicius e Mariana Lopes
Os cavaletes estão espalhados pelas vias, dificultando o trânsito. (Foto: Luciano Muta)Os cavaletes estão espalhados pelas vias, dificultando o trânsito. (Foto: Luciano Muta)
Caminhar virou esporte com obstáculos e agora pedestre divide espaço com carro. (Foto: Luciano Muta)Caminhar virou esporte com obstáculos e agora pedestre divide espaço com carro. (Foto: Luciano Muta)

O Carnaval já acabou, mas pelas ruas da Praça do Papa, o resto da festa continua. A estrutura montada para o desfile permanece ali, mas sem plateia para aplaudir e nem foliões com samba no pé.

Os arredores da praça, que são usados para prática de caminhadas, agora viraram esporte com obstáculos. Da calçada a população é forçada a ir pra rua se quiser continuar com o trajeto. Tapumes que para alguns virou problema.

“Atrapalha um pouco, principalmente os tapumes aqui da calçada, porque pega justamente o espaço que usa para caminhar”, conta o motorista Ciro Ribeiro, 43 anos. Ele mora na região da praça do Papa e caminha ali todos os dias.

“A gente tem que passar pela rua, onde os carros estão passando. Para montar a prefeitura é rápida, mas para desmontar demora todo esse tempo”, completou.

Para o aposentado Simão Tadeu Marques, a prefeitura é rápida ao montar, mas demora para retirar. (Foto: Luciano Muta)Para o aposentado Simão Tadeu Marques, a prefeitura é rápida ao montar, mas demora para retirar. (Foto: Luciano Muta)

Além dos tapumes que ainda permanecem, a arquibancada continua intacta, como se esperasse o público e cavaletes da Fundação de Cultura que foram usados para isolar a rua agora ficam atrapalhando o trânsito. Quatro deles estão exatamente no meio da avenida Alfredo Scaff, exigindo atenção redobrada dos motoristas. Ainda há também seis carros alegóricos que chamaram atenção no desfile, agora abandonados.

O lixo até que foi recolhido, mas ainda não foi retirado. Continua em montantes de saco espalhados pela praça. “O Carnaval terminou tem dois dias e ainda não foi desmontada a estrutura. Fica até perigoso porque a gente tem que ir pra calçada e disputar lugar com os carros, é um absurdo”, diz o aposentado Simão Tadeu Marques, 54 anos.

A estrutura deve ser desmontada até a noite desta quinta-feira, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura. Segundo a assessoria, a prioridade do município foi desmontar a armação na avenida Fernando Corrêa da Costa, devido ao fluxo de trânsito.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Compareçam à noite, para registrar o brilho dos holofotes (no mínimo 3 a cada poste).
Enquanto mais à diante (nas próximas 3 quadras do bairro Santo Amaro), a escuridão reina como sempre.
Ou seja, beneficiam apenas um evento anual, enchendo de luminárias que, mesmo após o encerramento da "festa", continuam gastando a iluminação pública, enquanto os moradores se "lixam" na escuridão das ruas durante o resto do ano.
A região é abandonada pelo poder público, que só se mobiliza para as festividades que realizam na praça.
Aliás, se tiraram as festas no parque de exposições por ser área residencial, será que na região da praça do papa existe apenas o cemitério e seus ocupantes?
 
Fernando Manzi em 15/02/2013 16:55:19
A Prefeitura tem mais e que acabar com essa porcaria. Parabéns ao Prefeito Bernal por ter cortado bastante a verba para esses eventos.
 
Gustavo Ribeiro em 14/02/2013 16:03:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions