A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

17/01/2016 14:54

Educação estuda pedido de municípios para adiar início do ano letivo

Natalia Yahn
Secretária de Educação de MS fala em calendário único que deve começar dia 22 ou 29 de fevereiro. (Foto: Arquivo)Secretária de Educação de MS fala em calendário único que deve começar dia 22 ou 29 de fevereiro. (Foto: Arquivo)

A SED (Secretaria de Estado de Educação), o Governo do Estado e a Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação) estudam a mudança solicitada pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) de adiar o início das aulas na Rede Pública de Ensino, previsto para 15 de fevereiro. O pedido é para que o início das aulas seja adiado para o dia 29 do mesmo mês, em função das fortes chuvas no interior de Mato Grosso do Sul e que têm causados alagamentos e prejuízos nas estradas.

A SED montou duas novas propostas de calendário, um para início no dia 22 e outro para 29. “Nossos estudantes são transportados pelas prefeituras e por isso precisamos fazer um calendário único”, explica a secretária de Estado de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta.

De acordo com a proposta da SED, caso as aulas iniciem no dia 29, os professores serão chamados no dia 22 para o planejamento e estes já serão contados como letivos. “Nós temos cinco sábados letivos e aumentaríamos um pouco, mas neste calendário que estamos propondo estes sábados seriam para Conselhos de Classe e reunião de pais e mestres e que nós também consideraríamos como dias letivos”, afirma a secretária.

Para a professora Maria Cecilia, a decisão deve ser tomada pensando em todo o Estado e sem prejuízos à qualidade da educação. “Se tivermos que adiar nós vamos estudar muito para que não haja impacto nas famílias e na aprendizagem, que é o nosso foco. Vamos pensar na otimização do tempo em sala de aula, com qualidade e com professores competentes”, finaliza.

 

Em Campo Grande, volta às aulas está mantida para o dia 15 de fevereiro
O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), não vai adiar o início das aulas da Rede Municipal de Ensino, mantendo o calendário escolar, que pre...
Governo já admite adiar início do ano letivo, mas sem aulas aos sábados
O Governo do Estado já admite acatar a reivindicação dos prefeitos e adiar o início das aulas,  programado para o dia 15 de fevereiro, mas sem necess...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions