A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

22/05/2013 17:47

Em audiência que discute incentivo aos ciclistas, bicicletas são furtadas

Mariana Lopes

Acessórios como buzinas, lanternas, computador de bordo e retrovisores foram furtados de 10 bicicletas que estavam estacionadas na Câmara Municipal de Campo Grande, durante a audiência pública com o tema Ciclista Cidadão – Mobilidade Urbana, que foi realizada na noite de ontem (21).

Ao final da audiência, que acabou por volta das 22h30, os donos das bicicletas perceberam que haviam sido furtados. No evento reuniu aproximadamente 150 ciclistas. Todas as pessoas que foram prejudicadas registraram boletim de ocorrência na delegacia

Para o vereador Eduardo Romero (PT do B), que coordenou a audiência, o caso trata-se mais de um ato de vandalismo do que de furto. “Em todo caso, encaminhamos um ofício à Guarda Municipal e à Polícia Civil solicitando mais segurança e iluminação no prédio”, pondera o parlamentar.

Segundo o ciclista Bruno Miranda, que também participou da audiência, disse que no estacionamento da Câmara Municipal havia uma área reservada para deixar as bicicletas, porém sem paraciclo ou estrutura para prender os veículos.

“Mas fomos todos acalmados por guardas municipais que diziam que não havia necessidade nem de trancar os biciletas, pois eles seriam responsáveis pela segurança delas”, contou Bruno.

O ciclista denuncia ainda que ao final da audiência não havia guarda no local. “Eu tive parte de minha lanterna furtada, o marginal a quebrou e levou apenas um pedaço, ou seja, um equipamento inutilizado”, comenta Bruno.

Segundo Bruno, o vereador Eduardo Romero foi questionado sobre o ocorrido e disse que o sistema de câmeras estava funcionando e as imagens seriam analisadas.

Nilson Young, 42 anos, outro ciclista que testemunhou todo o ocorrido, alerta para um problema ainda mais grave, a segurança pública. Ele contou que até os pirulitos que estavam presos às bicicletas com um bilhete, em forma de homenagem aos ciclistas, também foram furtados.

“Isso mostra como estamos expostos à violência, e isso é um quadro geral da sociedade, se não somos poupados dentro de uma casa de leis, imaginem o risco que corremos nas rodovias, onde não há iluminação adequada”, alerta o ciclista. Em todo caso, ele também acredita em um ato de vandalismo.

A audiência pública discutiu com a comunidade e representantes de 60 entidades ligadas ao trânsito, educação, esporte e saúde a mobilidade urbana em Campo Grande, com foco no ciclista.

Capital já tem 60,02% do eleitorado com cadastro biométrico realizado
Dos 606.409 eleitores atuais de Campo Grande, 363.991 já compareceram a um dos postos de atendimentos da Justiça Eleitoral e realizam o cadastro biom...
Campo Grande recebe em maio workshop sobre emergências e desastres
Campo Grande sediará em maio o 1º Workshop Internacional de Emergências e Desastres, evento que será realizado na Uniderp, em parceria com o Centro A...


Se até na câmara não tem segurança pra deixar uma bicicleta, imaginem em outros lugares?Isso não foi só vandalismo.
 
Marcia frança em 22/05/2013 18:36:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions