A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/09/2011 08:28

Em Campo Grande 76% das agências fecharam as portas, segundo sindicato

Vinícius Squinelo
No centro da cidade, praticamente todas as agências fecharam as portas (foto: João Garrigó)No centro da cidade, praticamente todas as agências fecharam as portas (foto: João Garrigó)

Das 90 agências bancárias de Campo Grande, 69 fecharam as portas ontem e devem permanecer sem atendimento ao público hoje.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Campo Grande a Região, a adesão da classe foi maior que o esperado, e a greve continua por tempo indeterminado em todo o Brasil.

“Praticamente todas as agências do centro da cidade fecharam e, se a adesão à greve continuar, 100% da classe pode acabar parando na cidade”, afirmou Benício Pereira Faustino, diretor de relações sindicais em Campo Grande e Região.

Todos os dias, o sindicato realiza reuniões de balanço das ações. Até o momento não houve uma contraproposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) para a classe.

Os bancários reivindicam 12,8% de reajuste salarial, o que cobre a inflação e daria 5% de aumento real, enquanto a Fenaban ofereceu um máximo de 8% de aumento, o que representaria apenas 0,56% de ganho real para a classe.

Também houve paralisações em Dourados e Região e em Corumbá.



Esta greve prejudicou 365 familias que iam iiiamm assinar o contrato da casa propria na caixa economica federal, 365 x 4 = 1.460 pessoas estão sob o risco de perderem o contrato por causa do prazo. os bancarios tem 1.460 x amigos, primos, cunhados
esta greve e uma vergonha. porque não fizeram greve por mais caixas, maior agilidade....
bancarios tenham bom censo, liberem a caixa.
 
PAULO SERGIO em 30/09/2011 02:27:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions