A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

08/08/2019 10:52

Em inauguração de creche, prefeito rechaça “maquiagem” na educação

Trad ainda defendeu que ensino oferecido pela rede municipal é de qualidade, e não “apenas babás cuidando de crianças”

Jones Mário e Tainá Jara
Prefeito Marquinhos Trad durante cerimônia de inauguração da Emei Santa Fé (Foto: Tainá Jara)Prefeito Marquinhos Trad durante cerimônia de inauguração da Emei Santa Fé (Foto: Tainá Jara)

Recém-reformada e com aulas em andamento há dois meses, a Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) do Bairro Santa Fé, região central de Campo Grande, foi oficialmente inaugurada na manhã de hoje. O prefeito Marquinhos Trad (PSD) participou do evento – parte da agenda de comemoração dos 120 anos da Capital – e aproveitou para destacar as ações da administração municipal na área.

“Todas as inaugurações são um somatório de economia interna que a prefeitura tem feito. Dentro da medida do possível, da maneira que nós temos condições, para não maquiarmos a educação, que é coisa muito séria”, falou. Trad ainda defendeu que o ensino oferecido pela rede municipal é de qualidade, e não “apenas babás cuidando de crianças”.

Antes, a Emei era administrada por uma ONG (Organização Não-Governamental), que não teve condições de manter o local. O prédio foi alugado pela Semed (Secretaria Municipal de Educação), que readequou o espaço com pintura das áreas externa e interna.

Emei recebeu readequação, com pintura das áreas externa e interna (Foto: Tainá Jara)Emei recebeu readequação, com pintura das áreas externa e interna (Foto: Tainá Jara)

Segundo a prefeitura, o prédio tem nove salas, cozinha, refeitório, despensa, lavanderia, sete banheiros (um deles adaptado), sala de professores, coordenação, direção e administrativo. A área externa conta com parquinhos, solários e um espaço para atividades de artes.

A Emei tem 150 matriculados, de quatro meses a três anos, mas tem capacidade para 250 atender 150 crianças.

Uma das beneficiadas pela Emei é a arquiteta Juliana Pissolato, 39 anos, moradora do Carandá Bosque. Seu filho, de dois anos, é atendido pela unidade desde julho. “Achei ótima a reforma. Ficou tudo muito bem organizado para atender os alunos”, celebrou.

Também presente na inauguração, a titular da Semed, Elza Ortelhado, revelou que outras três novas Emeis serão inauguradas este mês - nos bairros Vespasiano Martins, Anhanduí e Nascente do Segredo. As obras destes prédios estavam paradas e foram retomadas pela prefeitura. Juntas, as unidades vão anteder 650 crianças.

Ortelhado também projetou a inauguração de mais seis obras em educação até o fim de 2020. Ainda assim, a secretária minimizou a possibilidade de extinguir o deficit de vagas na rede de ensino infantil.

“É complicado falar que vamos solucionar de vez o déficit de vagas, porque desde 2017, quando nós assumimos, já conseguimos atender 10 mil crianças que estavam na fila de espera. Hoje a gente ainda tem 6 mil crianças. Então, esse número todos os dias aumenta. O que podemos fazer e estamos fazendo é concluir as obras, olhando alguns prédios que possamos alugar para atender essas demandas”, contou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions