A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/06/2012 18:42

Em seis dias já choveu 17% a mais que a média prevista para todo mês

Viviane Oliveira
Desde ontem não para de chover de em Campo Grande. (Foto: Rodrigo Pazinato)Desde ontem não para de chover de em Campo Grande. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Do dia 1º de junho até a tarde desta quarta-feira (6) choveu 62 milímetros em Campo Grande, 17% a mais que a média prevista para o mês de junho, que é de 45 milímetros. A informação é do meteorologista Natálio Abrão, da estação meteorológica Uniderp/Anhanguera.

De acordo com o meteorologista, até as 14 horas de hoje havia chovido 13,6 milímetros. Para o feriado de Corpus Christi, afirma, a chuva deve continuar na parte da manhã com forte nevoeiro. Já na parte da tarde o tempo será nublado com pouco sol. Para amanhã a temperatura mínima será de 7ºC e máxima não passará dos 15ºC.

Segundo Natálio, no mês passado também choveu mais que a média prevista. Para maio a previsão era de 102 e choveu 155 milímetros, ou seja, 53% a mais do previsto.

O meteorologista explica que as constantes chuvas são por conta do excesso de umidade na Amazônia. “A umidade no Amazonas está facilitando e alimentando a frente fria que vem principalmente do Sul do continente”, disse.

Por causa do tempo chuvoso, o Aeroporto Internacional de Campo Grande está fechado para pouso desde as 13h15 desta quarta-feira. Em efeito cadeia, como as aeronaves não pousam, as decolagens ficam prejudicadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions