A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/03/2013 11:19

Em solenidade, Polícia Civil presta homenagens a 27 mulheres

Francisco Júnior e Mariana Lopes
Vice-governadora destacou a sensibilidade de Puccinelli por colocar tantas mulheres em cargos de destaque no Estado (Foto: Marcos Ermínio)Vice-governadora destacou a sensibilidade de Puccinelli por colocar tantas mulheres em cargos de destaque no Estado (Foto: Marcos Ermínio)

A Polícia Civil realizou nesta manhã (6) uma solenidade para comemorar o “Dia Internacional da Mulher” e os 27 anos de criação da DEAM/MS (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Mato Grosso do Sul). Durante o evento, que aconteceu na sede a Adepol (Associação dos Delegados da Polícia Civil), em Campo Grande, 27 personalidades femininas que contribuíram com a trajetória da instituição foram homenageadas.

Em seu discurso, O diretor-geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas Neto, prestou homenagens a personalidades e disse que vai pedir ao prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, apoio para estruturar as delegacias do município.

A vice-governadora, Simone Tebet, uma das homenageadas, enfatizou a participação das mulheres no governo de André Puccinelli. “Somos a maioria no secretariado e isso mostra a nossa força. Eu sou a primeira vice-governadora do Estado”, disse. Ela ainda citou parte de um poema da poetiza Cora Coralina. “Dentro de cada um nós vive a vida de todas as outras mulheres”, declamou.

Tebet aproveitou a ocasião para informar que o governador tem como meta implantar mais quatro delegacias da mulher até o fim do seu mandato. Atualmente, Mato Grosso do Sul tem 11 delegacias especializadas.

Entre as homenageadas estão a primeira-dama do Estado, Beth Puccinelli; as secretárias estaduais Thie Higuchi (Administração); Nilene Badeca (Educação) e Evelyse Ferreira Cruz Oyadomari (Gestão de Recursos Humanos); a promotora da Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Ana Lara Camargo de Castro; delegadas e policiais civis.

No Estado, o atendimento especializado a mulheres vítimas de violência começou em abril de 1986, com a instalação de uma Unidade de Pronto Atendimento. Hoje são 12 delegacias, sendo uma em Campo Grande e outras 11 nos municípios de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Com uma média de 70 atendimentos diários, quase uma prisão por dia e 300 inquéritos somente em janeiro e fevereiro deste ano, a Deam da Capital atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Nos fins de semana, as ocorrências são registradas nas delegacias de Pronto Atendimento (Depacs, no Centro e bairro Piratininga).

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions