A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

16/03/2012 10:23

Emissão do cartão do SUS está levando até 2h; saiba como fazer

Elverson Cardozo

Obrigatório desde janeiro, o recadastramento do cartão do SUS (Sistema único de Saúde), em Campo Grande, está sendo feito na Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), localizada no Jardim dos Estados, de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 18h, sem intervalo para almoço.

O tempo médio de espera para atendimento, segundo o departamento responsável, pode chegar até duas horas. Por dia são entregues cerca de 350 senhas, o que significa uma média de 1,2 mil cartões recadastrados.

Todos os sábados a secretaria trabalha em sistema de plantão, com expediente das 7h às 13h. Além do recadastramento, o órgão também realiza cadastramento de novos usuários, transferência e emissão de segunda via.

A atualização cadastral junto ao Ministério da Saúde é realizada na hora do atendimento. Não haverá troca de cartões e a numeração também permanece a mesma. Só usuários que possuem o cartão provisório, aquele com os dados anotados à mão, é que vão receber novos documentos.

A partir da próxima segunda feira (19) o atendimento será dividido. Uma equipe ficará no Sesau, para atender usuários preferenciais, e a outra, no Paço Municipal, com atendimento das 7h às 11h.

Documentos necessários - Para a revalidação junto ao Ministério da Saúde é necessário apresentar identidade ou certidão de nascimento ou de casamento e comprovante de residência no nome do usuário.

Quando menor de idade, este comprovante deve estar no nome do pai ou da mãe. Se estiver no nome dos avós, o caso será analisado. Se estiver no nome da esposa ou esposo, é necessário apresentar certidão de casamento.

Na falta do comprovante de residência, a Sesau aceita boletos bancários (desde que contenha o nome e endereço do usuário), faturas, correspondências bancárias, declaração de matrícula escolar ou carteira de trabalho, assinada e atualizada como município de Campo Grande e apresentação de comprovante de residência, mesmo que não esteja no nome do usuário.

A Carteira de Trabalho só serve como identificação em caso de perda do RG, certidão de nascimento ou de casamento. Neste caso, é necessário apresentar o boletim de ocorrência registrado.

O recadastramento de menores de 16 anos ou incapazes, temporária ou definitivamente, será de responsabilidade do responsável legal que deverá apresentar a guarda da criança ou adolescente.

Já os estrangeiros devem comprovar residência na Capital, estar regularizado junto à PF (Polícia Federal) e ter em mãos o protocolo de regularização e declaração fornecida pelo departamento, onde consta o RNE (Registro Nacional de Estrangeiro).

Interior – Pacientes do interior do Estado devem revalidar o cartão no município de origem. Para consultar em Campo Grande é necessário apresentar encaminhamento médico, exceto em casos de urgência e emergência, onde o atendimento é realizado no pronto-socorro.

 Emissão do cartão do SUS está levando até 2h; saiba como fazer

Usuários de planos de saúde - A lei determina ainda que todo cidadão deve ter o cartão do SUS, independente de ser usuário de plano de saúde, o que obriga as operadoras a inserir em seus bancos de dados o número do registro federal.

O prazo estabelecido pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), que regula os serviços, é até o dia 6 de junho, mas a data poderá ser prorrogada

Serviço – A Sesau está localizada na rua Bahia, 280, Jardim dos Estados, em Campo Grande. Já o Paço Municipal fica na rua Arthur Jorge, 500.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3314-3004.



Meu marido precisa atualizar o cadastro dele, eu poderia fazê - lo pra ele ou só ele mesmo, tendo em vista que trabalha o dia todo e não tem tempo
 
Eliane Vieira em 19/02/2014 09:34:27
Uma simples idéia...poderia ser feito tb pela internet...cada CPF é uma carteirinha para não haver emissão desorganizada..ajuda ai gente!
 
Wanderléia Soares da Silva Carvalho em 17/08/2012 09:04:31
E quem tem criança de colo tb tem que esperar esse tempo todo?...Facilitar,ninguem facilita né...oh meu Brasil!!
 
Regina Cleia em 17/03/2012 08:04:00
Pouco lugar para atendimento. Devia ter mais postos para fazer esse cartão. Imagine se temos tempo de ficar duas horas esperando, e o trabalho como fica?
 
Louise Vieira em 16/03/2012 11:35:15
MAs esse povo do governo gosta de uma fila né, porque nao manda esses cartoes em casa, ja basta o enorme tempo de espera nos postos de saude, agora até para emitir um cartao.
isso nao muda!
 
marcelo mansilha em 16/03/2012 10:58:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions