ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Empresa que comprar reciclável furtado terá de pagar multa de R$ 10 mil

Além do quantitativo, estabelecimento poderá sofrer cassação de alvará

Karine Alencar | 31/05/2022 17:48
Operador com refletor de led (Foto: Diego Gonçalves/ PMCG)
Operador com refletor de led (Foto: Diego Gonçalves/ PMCG)

Empresas que comprarem materiais recicláveis furtados passarão a ser multadas em R$ 10 mil, além de sofrerem cassação de alvará. A medida foi aprovada pela chefe do executivo municipal Adriane Lopes (Patriotas), e publicada no Diário Oficial desta terça-feira (31).

A sanção mira impedir o giro de mercadoria de estabelecimentos que atuam com receptação de sucatas, peças usadas, cabos de fio de cobre, placas de sinalização, portas de túmulos feitos de cobre e bronze, entre outros.

Desde o ano passado, a Lei 6.436 do mês de abril, proíbe a aquisição, estocagem, comercialização e transporte, reciclagem, processamento e beneficiamento de materiais sem que o proprietário comprove a compra através de nota fiscal direto de um fornecedor.

Além dos objetos mencionados, o texto inclui ainda tampas de ferro de poço de visita e hidrômetros, cabos de telefonia, tv a cabo e internet. Desta forma, os estabelecimentos ficam obrigados a terem uma relação, com o registro dos fornecedores e da quantidade de produtos vendidos. A nova lei será regulamentada pela Prefeitura em até 90 dias.

Nos siga no Google Notícias