A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/07/2015 23:42

Empresa vai pagar R$ 10 mil por entregar brinquedo no lugar de celular

Thiago de Souza

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, condenou duas empresas ao pagamento de R$ 10 mil por danos morais a um cliente que comprou um celular em um site de compras e recebeu um brinquedo, conhecido como “geléinha”.

O cliente realizou a compra de um aparelho celular no valor de R$ 1.340, no site de compras Mercado Livre, e pagou por ele por meio de um sistema digital de pagamento, que é mantido por uma empresa do mesmo grupo que mantém o site.

Ao verificar o engano, o comprador acionou o site e solicitou troca ou reembolso. Porém, a empresa afirmou que apenas serve de plataforma de encontro em um comprador e um vendedor, não tendo responsabilidade nas negociações ali realizadas.

O cliente foi orientado a procurar o vendedor, mas não conseguiu os dados do mesmo pois ele havia sido desabilitado do sistema.

O relator do processo, Dr. Jairo Roberto de Quadros justificou a condenação das empresas afirmando que ficou estabelecida de fato uma relação entre consumidor e fornecedor, previstas nos artigos 2º e 3º da lei consumerista. Além disso, o relator afirmou que a empresa responsável pelo sistema de pagamento digital “promete segurança aos consumidores, acaso não recebido o produto”.

Outros fatos ressaltados, que embasaram decisão da Justiça, foi a negativa das empresas em estabelecer uma mediação entre o comprador e o vendedor, e a resposta dada ao cliente, dizendo que se quisesse, que procurasse seus direitos.

Justiça mantém indenização à família de bebê que queimou as mãos na escola
A Justiça manteve indenização de R$ 10 mil à família de uma criança que teve queimaduras de segundo grau nas mãos e joelhos ao engatinhar no sol quen...
Prefeitura terá que pagar indenização a servidora que se acidentou no trabalho
A prefeitura de Bataguassu, município localizado a 335 quilômetros da Capital, foi condenada em primeira instância pela Justiça a pagar de R$ 80 mil ...
Passageiros pedem indenização por transtornos em excursão, mas Justiça nega
Alegando transtornos, cinco passageiros de excursão de ônibus acionaram a Justiça para pedir indenização, mas sentença proferida pelo juiz da 15ª Var...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...


Antes o mercado livre era mais sério , mais ultimamente existe vários vendedores classificados por eles como gold e prata e tem mais reclamação que tudo , então aconselho antes de comprar seja o que for , antes veja a reputação do vendedor e acesse os dados dele tendo reclamação de não entregar ou com problema e não resolvido , não compre porque vc poderão ser uma vitima ,eu já tive problema numa compra onde o vendedor não tinha o produto e mesmo perguntando antes de comprar garantiu que tinha e após a compra e não entrega fui pra cima do vendedor e do site , mais foi demorado o estorno no meu cartão , tem muitos vendedores sério mais tem muito porcaria também e o site tem sim responsabilidade com relação a venda até porque tem comissão em cima de cada produto vendido, ML seriedade é tudo
 
JEFF em 09/07/2015 00:07:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions