A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/06/2016 18:50

Empresa vai reparar prejuízos causados por explosão em construção

João Humberto
Explosão em construção localizada no centro da cidade aconteceu após uso de explosivos em terreno rochoso (Foto: Alcides Neto)Explosão em construção localizada no centro da cidade aconteceu após uso de explosivos em terreno rochoso (Foto: Alcides Neto)

A empresa Plaenge, responsável pela construção do Residencial Império, localizado na rua Dom Aquino entre as ruas 13 de Junho e José Antonio, na região central de Campo Grande, encaminhou nota ao Campo Grande News, informando que vai reparar os prejuízos causados a veículos e imóveis atingidos por pedras após explosão ocorrida na tarde desta sexta-feira (3).

Segundo a empresa, de imediato já foram listados os veículos e imóveis atingidos e já estão sendo tomadas todas as medidas reparadoras, caso a caso. Ainda em nota, a Plaenge ressalta que a explosão aconteceu durante a fase de fragmentação de rocha no processo de escavação na respectiva obra, trabalho este realizado por empresa especializada e homologada para tanto. Levantamento é feito e posteriormente haverá um parecer técnico sobre o assunto.

Nesta tarde, uma explosão de grandes proporções foi registrada, às 14h30, no Residencial Império. Funcionários que trabalham no local usavam explosivos para detonar o terreno que, segundo o Corpo de Bombeiros, é rochoso.

Policiais militares, do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros), Bope (Batalhão de Operações Especiais) e oficiais do Corpo de Bombeiros foram até o local. Segundo a polícia, após a explosão, pedras foram arremessadas para todos os lados, atingindo diversos veículos estacionados na Defensoria Pública da União, que fica ao lado da construção, e até o vidro de um apartamento localizado no quinto andar do Residencial Riviera, prédio que fica em frente à construção.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a obra não será embargada, mas os trabalhos no local tiveram de ser paralisados apenas hoje. A detonação com explosivos estava sendo feita para que fossem colocados os pilares da construção.

Moradores do Residencial Riviera disseram ao Campo Grande News que testes vêm sendo feitos há um ano na construção, que água mina do local e que esse é o motivo pelo atraso da construção. Funcionários da Plaenge foram até o local para averiguar a gravidade da explosão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions