ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  16    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Empresários são presos em ação contra "gatos" que deram prejuízo de R$ 300 mil

Trinta e sete pontos são alvos em ação da polícia na região norte da Capital

Por Dayene Paz | 28/09/2021 12:58
Polícia fiscaliza 37 locais da região norte. (Foto: Divulgação/Polícia Civil de MS)
Polícia fiscaliza 37 locais da região norte. (Foto: Divulgação/Polícia Civil de MS)

Quatro empresários foram presos em ação contra furto de energia elétrica na manhã desta terça-feira (28), na região norte de Campo Grande. São 37 pontos investigados, que causaram um prejuízo estimado em R$ 300 mil.

De acordo com o delegado Enilton Pires Zalla, titular da 2ª Delegacia de Polícia Civil, a Energisa - concessionária responsável pela distribuição de energia - indicou irregularidades em mais de três dezenas de estabelecimentos comerciais na região norte. "De posse das informações, estamos indo aos estabelecimentos apontados pela Energisa, acompanhados da perícia e dos técnicos de energia", informou Zalla.

Em quatro locais, foram constatados os furtos e quatro empresários acabaram presos em flagrante nos bairros: Vila Rica, Vila Gomes, Coronel Antonino e Vila Margarida. "Os furtos ocorrem pelo menos há cinco meses, gerando um prejuízo mensal de R$ 60 mil", explicou o delegado.

Zalla ainda explicou que os donos dos estabelecimentos conseguem fazer esse desvio de energia através de ex-funcionários da empresa fornecedora ou eletricistas, que entendem sobre os equipamentos.

"Conseguem desviar a energia e indicar um consumo menor na unidade consumidora. No entanto, é importante deixar claro que quem paga por esse desvio são os outros consumidores", afirmou.

Os empresários presos foram detidos, ouvidos, recolheram fiança e irão responder em liberdade. A pena para esse crime é de 1 a 4 anos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário