A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

09/11/2019 10:27

Encontrado morto em córrego tinha 27 anos e passou a noite em festa

Ronei Cesário dos Santos tinha perfurações no tórax, abdômen e pescoço além de arranhões nas costas e um corte profundo na cabeça

Adriano Fernandes e Marcos Maluf
Bombeiros restando a vítima nesta manhã. (Foto: Marcos Maluf) Bombeiros restando a vítima nesta manhã. (Foto: Marcos Maluf)

Foi identificado como Ronei Cesário dos Santos, de 27 anos, o homem encontrado morto com sinais de violência à margem do córrego Anhanduí, na Avenida Ernesto Geisel em Campo Grande, nesta manhã (09).

Segundo um amigo da vítima que reconheceu o corpo, Ronei não tinha inimigos, mas “bebia e ficava louco”. A vítima e outras pessoas, ainda não identificadas, teriam passado a madrugada em um festa em uma residência na região do Bairro Jóquei Club. Testemunhas que moram próximas à avenida, relataram ter ouvido discussão e gritos durante a madrugada no local.

Em um terreno baldio, que fica do outro lado da via e que é frequentado por usuários de droga, investigadores encontraram um casaco amarelo, sujo com sangue. Os moradores ainda disseram ter visto um carro que trafegava pela Avenida no sentido bairro/Centro e que teria estacionado no local. 

A polícia também vai apurar se a vitima morreu com a queda ou se já estava morta quando foi lançada no local. O cunhado da vítima também esteve no local, mas evitou falar com a reportagem. Ronei estava com uma perfurações no tórax, abdômen e pescoço além de arranhões nas costas, possivelmente ao ser arrastado. A vítima também tinha marcas no pescoço e um corte profundo na cabeça. O caso foi registrado como homicídio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Confira abaixo o momento em que a vítima foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions