A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

19/10/2018 21:40

Encontrado na calçada, homem foi morto pelo patrão após briga

Brian Amaral Dornelles confessou o crime, mas vai responder pelo homicídio em liberdade

Adriano Fernandes e Geisy Garnes

Foi identificado como Brian Amaral Dornelles, o assassino confesso de Márcio Santiago Para Chamo, encontrado morto a tiros por volta das 3h30, desta quinta-feira (18) na Rua Aladim, bairro Estrela do Sul em Campo Grande.

Durante o depoimento na 2ª Delegacia de Policia do bairro Monte Castelo, Brian contou que era patrão do homem em uma oficina mecânica, e que o matou depois que ele chegou bêbado e tacando pedras em frente a sua residência.

Horas antes a dupla estava junta em um churrasco, quando a vítima teria mexido na brasa do fogo com uma faca do suspeito, o que gerou uma briga. Após o desentendimento Brian teria ido embora do local, mas o homem foi até a sua casa querendo tirar mais satisfações sobre o ocorrido. 

Entre muitas pedras que teria atirado no imóvel, incitando a saída do patrão, o mecânico teria pegado uma de grande porte para jogar no autor, quando ele disparou, atingindo o peito e o braço da vítima que morreu na hora, sobre a calçada. 

O suspeito fugiu do local, mas foi identificado pelos investigadores da 2ª DP com o apoio de oficiais do GOI (Grupo de Operações e Investigações). Segundo o criminoso além de problemas com álcool a vítima supostamente era usuária de drogas. Por não ter havido flagrante e pelo fato de ter confessado o crime Brian vai responder pelo homicídio em liberdade.

Madrugada sangrenta - Márcio foi encontrado morto no mesmo intervalo de tempo em que outras 2 pessoas foram assassinadas na Capital, na madrugada desta quinta (18). Às 1h30, assassinado com 7 disparos, Marcel Costa Hernandes Colombo, conhecido como “Playboy da Mansão”, 31 anos, foi assassinado enquanto bebia com os amigos, na Cachaçaria Brasil, na Avenida Fernando Correa da Costa, na Vila Rosa Pires, em Campo Grande.

Às 3h30 Márcio foi morto no Estrela do Sul e por volta das 6h, uma vizinha encontrou Josinaldo João da Silva, 40, conhecido como “Chave”, morto na Rua Atomo em uma área invadida do bairro Vivendas do Parque.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions