A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/12/2011 10:07

Entre lamentos e lágrimas, comerciantes calculam prejuízo de incêndio

Aline dos Santos e Paula Vitorino

Fogo atingiu livraria, duas lojas, ótica, lanchonete e escritório de advocacia

Incêndio atingiu seis lojas entre Mato Grosso e 13 de Maio. (Foto: Simão Nogueira)Incêndio atingiu seis lojas entre Mato Grosso e 13 de Maio. (Foto: Simão Nogueira)

Entre lamentos e lágrimas, os comerciantes contabilizam os estragos provocados pelo incêndio que atingiu a livraria Dom Bosco, duas lojas de roupas femininas, uma ótica, uma lanchonete e um escritório de advocacia localizados entre a avenida Mato Grosso e a rua 13 de Maio, em Campo Grande.

O fogo, que começou de madrugada, transformou em cinzas os investimentos de Regina Monteiro, dona da loja Josi Rê. Chorando, ela conta que abriu a loja há 30 dias e já gastou mais de R$ 30 mil. “Não tinha seguro. A papelada estava acabando de ficar pronta”, relata. Da loja, ela só salvou uma mala com algumas poucas peças de roupas.

Dono da lanchonete, Francisco de Oliveira estava desolado. Ele investiu tudo o que tinha no estabelecimento, inaugurado há dois meses. O local não tem seguro e o comerciante amarga prejuízo de R$ 10 mil. “Não sei o que fazer”, lamenta.

Incêndio começou na madrugada deste sábado. (Foto: Romeo Ângelo)Incêndio começou na madrugada deste sábado. (Foto: Romeo Ângelo)

Funcionária e cunhada da dona loja de roupas femininas Karla, Tereza Aparecida da Silva, de 43 anos, avalia que a perda foi total. “Fiquei sabendo do fogo no início da madrugada e vim correndo. A loja tem um seguro, mas é pequeno, não sei de cobre todo esse estrago”, salienta. A dona da loja está em São Paulo, onde foi comprar roupas para reforçar o estoque de fim de ano.

Com prejuízo de R$ 6 mil, o advogado Felipe Alves Inácio diz que a maior preocupação é com a perda de documentos. “Alguns estavam comigo no notebook. Outros, só aqui”, conta. Ele viu o incêndio ao passar, por acaso, em frente ao escritório de advocacia.

O advogado relata que já estava de mudança para outro endereço. “Estou reformando um prédio próprio e mudo em janeiro”.

Na Ótica Villara, o fogo, curiosamente, poupou os móveis e armações que estavam na recepção. Mas no andar superior, onde fica o estoque, a destruição foi total.

“Entre material, estoque, armações e computadores o prejuízo foi de R$ 50 mil. Graças a Deus não destruiu tudo. Vou levar as armações que sobraram para a outra loja”, afirma Jeane Vilar Santos, de 31 anos. A ótica tem seguro. Todos os cinco imóveis são alugados.

Na livraria Bom Bosco, todo o interior foi consumido pelas chamas. Os proprietários não quiseram falar com a imprensa.

Livraria foi destruída pelas chamas. (Foto: Simão Nogueira)Livraria foi destruída pelas chamas. (Foto: Simão Nogueira)

Pânico – Romeo Ângelo Romano , de 54 anos, que mora próximo ao local do incêndio, relata que a madrugada foi de muita tensão entre os vizinhos, temerosos de que as chamas chegasse até as casas.

“Por volta das 3 horas da madrugada, escutei um estrondo, sai para a fora e o fogo já estava alto. Todos os vizinhos saíram correndo apavorados”, conta. Segundo ele, o fogo começou na avenida e se alastrou para 13 de Maio. O incêndio só foi extinto às 5 horas.

No combate às chamas, os bombeiros utilizaram seis viaturas e 42 mi litros de água. Ainda não se sabe a origem do incêndio. Os comerciantes vão registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil para que a perícia seja acionada.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Sou proprietario de loja e fiquei triste ao saber do ocorrido, que Deus de força a vcs para reiniciarem novamente,garanto que muitas pessoas estarão orando por vcs força companheiros.
 
kennedy humberto em 04/12/2011 11:28:25
Não dá pra saber a causa, existem "n" motivos para se causar um incêndio, mas digo: Pane elétrica em estabelecimentos comerciais é o mais provável, pois quem trabalha no ramo e se preocupa com o assunto, nota que muito serviço é mal executado, existem muitos "profissionais" que só estão interessados em ganhar dinheiro e segurança é um quesito que não tem muita prioridade. #ficaadica
 
Wellington Sampaio em 03/12/2011 05:52:18
tem que aplaudir a prefeitura por tombar patrimonio historico esses predios antiguissimos. impendino que os proprietarios derrube e construa predios novos. prejuizo fica com os inquilinos que nao tem nada ver.
 
HENRIQUE REIS em 03/12/2011 02:27:28
Regina monteiro sei que não é facil encarar esta situação.Mas agradeça a Deus pela sua saude ,creio em Deus que ele vai fazer de uma mala de roupa que sobrou virar uma loja novamente.Sei que não é facil ,mas entrega nas mão de Deus que ele ira te dar a vitória.Lute com toda sua força,vc vai sair vencedora e super fortalecida.Um abraço de um lutador igual a vc.Vai a luta guerreira.
 
alessandro dos santos em 03/12/2011 01:36:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions