ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Envolvido em roubo a prefeito, filho de PM é preso com 12 cartões furtados

Ramão é filho de policial militar e na adolescência chegou a participar de um roubo a casa do atual senador Nelsinho, que na época era prefeito de Campo Grande

Por Danielle Valentim | 19/04/2019 11:47
Filho de policial militar, Ramão é envolvido com o crime desde a adolescência. (Foto: Divulgação/Garras)
Filho de policial militar, Ramão é envolvido com o crime desde a adolescência. (Foto: Divulgação/Garras)

Ramão Edivaldo Escobar Filho foi preso nesta quinta-feira (18) por policiais do Garras (Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) por estelionato. Ele foi flagrado com ao menos 12 cartões de bancos furtados de vítimas. Além disso, conforme investigação, Ramão participou de um assalto à casa do atual senador Nelsinho Trad, que na época do crime, em 2009, era prefeito de Campo Grande.

Conforme apurado, o autor é filho de policial militar e integra uma associação criminosa, com elevado grau de sofisticação, responsável pela prática do crime de estelionato.

Durante as investigações foi constatado que o suspeito mantinha uma arma de fogo artesanal calibre 38, acompanhada de dois cartuchos do mesmo calibre. No ano de 2009, ainda adolescente, Ramão participou de um roubo a residência do então prefeito Nelsinho Trad (PSD).

O delegado do Garras João Paulo Sartori alerta a população que banco nenhum realiza recolhimento de cartões. Além do crime de estelionato, Ramão responderá por associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo.