A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/01/2012 20:11

Espera de meses por casa termina e famílias da Cidade de Deus mudam para lotes

Paula Maciulevicius
“Eu fiquei feliz, porque é a minha casa. Aconteça o que acontecer, não vamos sair daqui”. (Foto: Simão Nogueira)“Eu fiquei feliz, porque é a minha casa. Aconteça o que acontecer, não vamos sair daqui”. (Foto: Simão Nogueira)

Na Cidade de Deus no bairro Dom Antônio Barbosa, a mãe Andriela Rocha Gregório, 24 anos, personagem já apresentada em matérias do Campo Grande News pode trocar o desespero de não poder responder à filha o que a menina ganharia de presente de aniversário de 6 anos por uma boa notícia.

O ar de satisfação em dizer de boca cheia, enquanto erguia o barraco no terreno que agora pertence à família quase não cabia em Andriela. “Aqui ninguém vai chegar para tirar nós, com fé em Deus não minha filha”.

A frase saiu do coração de uma mãe que até ontem morava em um barraco em área invadida na Cidade de Deus, para uma criança de 6 anos, que viveu o medo de ver a casa desmoronada a qualquer momento por quase um ano.

Em dezembro do ano passado, Andriela abriu o barraco onde morava para o Campo Grande News e compartilhou o único desejo de Natal, que a chuva presenteasse a ceia da família com ausência.

O barraco continua o mesmo, pelo menos por um mês - prazo que ela tem para devolver as tábuas emprestadas de um vizinho - só que agora está em outro endereço. Com quadra e lote numerados e devidamente escritos na declaração da Emha que ela ostenta com tanto orgulho.

“Eu fiquei feliz, porque é a minha casa, está tudo pago. Aconteça o que acontecer, não vamos sair daqui”, diz sorrindo.

Ao menos 13 famílias estão no processo de mudança. Da área invadida para lotes legalizados. (Foto: Simão Nogueira)Ao menos 13 famílias estão no processo de mudança. Da área invadida para lotes legalizados. (Foto: Simão Nogueira)

Andriela está entre as 13 famílias que trocaram a área invadida por lotes de 10x20 metros. O local ainda sem endereço fixo tem apenas como indicação a rua João Alves Pereira, que dá acesso ao terreno.

Ainda sem água e luz as casas erguidas pouco a pouco só vão ter instalação depois que a prefeitura oficializar os lotes, informação repassada pelos próprios moradores.

A maioria daquelas famílias tiram o sustento do lixão e dos benefícios de programas sociais do governo. O relato dos chefes de família, grande parte mulheres, é de que sair para trabalhar traz o risco de voltar e não encontrar nada em casa.

“Lá os vizinhos até cuidavam, mas aqui enquanto não fizermos casa mesmo, não dá. Precisa ter segurança, eles entram e roubam mesmo”, diz Andriela.

Na região onde dezenas de famílias que foram aos poucos se mudando para casas e terrenos da Emha estavam, ao menos 10 famílias já armaram casa. A Emha pretende entrar com pedido de reintegração de posse, para evitar novas invasões.

Nesta semana que se encerra a Cidade de Deus foi palco de mais uma desocupação, justamente de famílias não cadastradas em programas habitacionais que acabavam de levantar barracos.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


pois é mais uma familia que vai ganhar casa da ehma eu estou tentando há anos ganhar uma n consigo sabe por que? n tenho filhos e n sou casada... trabalho e pago meus imposto n tenho direito de ganhar uma casa..............
 
gislaine de araujo palacio em 07/01/2012 11:06:53
humm num sei não conheço gente que já guanhou casa da EMHA e vendeu e voltou a morar em barraquinho ..o povo pobre adora fazer isso acostuma a morar em barraco .ai da nisso sem moradia ....................^~^*~*
 
Adriana da silva santos em 07/01/2012 09:43:51
A POPULAÇÃO BRASILEIRA, NÃO SABE VOTAR, NÃO SABE NADA SOBRE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA, OS POLÍTICOS QUE COMPRAM OS VOTOS DELA, SÓ FAZEM LEI PARA DEVOLVER O DIREITO SOCIAL, CHEIAS DE BUROCRACIA, PARA REALMENTE DESESPERAR A SOCIEDADE, ENTÃO OS RETORNOS SÃO A LONGO PRAZO, SÓ VOTE, SE FOR PARA COBRAR DELES, MINIMIZAR A BUROCRACIA, QUE É RUÍM PARA TODOS, SÓ VOTE EM CONHECIDÍSSIMOS, NÃO VENDA VOT
 
PEDRO BRAGA em 07/01/2012 09:43:02
TEM PESSOAS QUE PRECISAM SE PLANEJAR, SE CUIDAR, PENSAR NO FUTURO, ESTUDAR.. NÃO ESPERAR AS COISAS CAIREM DO CEU, NADA CONTRA ESTA FAMILIA, FICO FELIZ POR ELAS CONSEGUIREM UM CANTO PARA ELAS, O QUE NÃO PODE ACONTECER SÃO AS PESSOAS FICAREM FAZENDO FILHOS POR AI E FICAREM ENCOSTADOS ESPERANDO AJUDAS DE PESSOAS E DO GOVERNO.. TEMOS QUE ESTUDAR, TRABALHAR, TER PLANEJAMENTO.. MINHA OPINIÃO JP
 
João Paulo Mareco em 07/01/2012 04:51:32
AH, sou portadora de deficiencia fisica ganho 1 salario minimo, pago alugue, agua, luz, e o IPTU da casa dos outros ha 13 anos tento conseguir uma dessas casa, pois acho q vou me acampar na cidade de deus, acho q lá vou ter mais preferencia.
 
Elaine de Almeida Cunha em 07/01/2012 01:43:35
Graças a Deus essas famílias terão um lar.
 
Janaina Roa em 06/01/2012 10:49:25
Olha o sorriso lindo da Yasmin!! A todos os interessados iniciamos uma nova campanha de arrecadacao de roupas, calcados e fraldas a serem distribuidas no Cidade de Deus no dia 04/02. Contatos: amizadesolidariams@gmail.com.br ou pela página no facebook: www.facebook.com/amizadesolidaria.
 
Fernanda Barros em 06/01/2012 08:31:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions