ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SEXTA  16    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Estacionamento na 14 volta a ser cobrado em março por aplicativo

Ainda não há uma data definida por conta dos ajustes que a Flex Park precisa fazer

Por Mariana Rodrigues e Ana Oshiro | 23/02/2021 10:23
A cobrança de estacionamento rotativo não era feita desde 2019, quando as obras de revitalização da Rua 14 de Julho foram entregues. (Fotos: Henrique Kawaminami)
A cobrança de estacionamento rotativo não era feita desde 2019, quando as obras de revitalização da Rua 14 de Julho foram entregues. (Fotos: Henrique Kawaminami)

Após dois anos sem cobrança, a 14 de Julho volta a ter estacionamentos rotativos a partir de março. São 112 vagas regulamentadas que vão desde a Avenida Fernando Corrêa até a Avenida Mato Grosso. A novidade é que os totens não voltam e o sistema de cobrança está mais moderno, feito exclusivamente por meio de aplicativo.

Conforme informações do Hélion Porto, diretor da Flex Park, ainda não há uma data definida, pois faltam alguns ajustes. “Precisamos fazer ajustes e finalizar a sinalização vertical e horizontal, além fazer a divulgação para os usuários de que as vagas voltarão a fazer parte do serviço rotativo”.

A cobrança não era feita desde 2019, quando as obras de revitalização da Rua 14 de Julho foram entregues. Desde então, os parquímetros foram tirados e as vagas deixaram de ser cobradas.

Todo sistema será por meio de um aplicativo disponível para plataformas IOS e Android, disponibilizado na GooglePlay, e AppStore. “Por meio do aplicativo o usuário poderá comprar e converter os créditos que estão no chaveirinho”.

Hélion conta que para quem não conseguir baixar o aplicativo ou tiver dificuldades na hora de ativar o serviço, também foi disponibilizado um telefone para tirar dúvidas. “Através do 2020-0999 o usuário terá várias funcionalidades para acessar e conversar com atendente para tirar dúvidas”, comenta Hélion.

Atualmente o valor do estacionamento rotativo é de R$ 2,75 a hora, sendo a cobrança feita por minuto. As vagas destinadas ao embarque e desembarque de passageiros de motoristas de aplicativos, carga e descarga e vagas destinadas a portadores de necessidades especiais continuam sem alterações.

De acordo com o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima Bruno, a volta da cobrança das vagas já estava prevista, uma vez que todas as ruas da região central possuem estacionamento rotativo.

Ele explicou que os totens foram removidos quando começou a obra de revitalização da 14 de Julho e não foram mais colocados. “Os totens eram muito velhos e feios, não devem voltar mesmo para 14 de Julho, vai ser tudo por aplicativo. Essa tecnologia veio para ajudar e facilitar a vida dos usuários”, explica Janine.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário