A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/05/2014 10:37

Ex-policial faz parte de grupo que simulou acidente para roubar Hilux

Graziela Rezende

Ex-policial do DOF (Departamento de Operações da Fronteira), Beltran Fortunato Prieto Nogueira, 43 anos, foi preso em flagrante após simular um acidente há dois dias no Jardim TV Morena, em Campo Grande. Ele fugiu durante uma abordagem e foi perseguido, sendo que na ocasião ainda tentou enganar os militares, apresentando um brasão da instituição.

Por volta das 12h, Beltran estava em um veículo Gol com comparsas. Ele colidiu com o carro na caminhonete e, assim que a motorista desceu, anunciou o assalto munido de uma pistola 9 milímetros. A vítima comunicou a Polícia e rapidamente foram “fechadas” todas as saídas da cidade.

A força tática já fazia rondas na saída para São Paulo, mesma estrada com destino ao Paraguai, quando os militares avistaram o veículo suspeito. Beltran foi abordado na avenida Gury Marques, mas iniciou a fuga em alta velocidade. Ele inclusive, segundo a Polícia, entrou na contramão pela avenida dos Cafezais.

Quando o ex-pm entrou na rua Catiguá, sumiu da visão dos policiais. Ele então abandonou o carro e os policiais continuaram as buscas pelo bairro Paulo Coelho Machado. Pouco tempo depois, os policiais encontraram o carro abandonado e o autor na rua Iraides Paulino da Silva.

Beltran se identificou como policial e apresentou uma carteira com o brasão da Polícia Militar. No entanto, ele foi reconhecido por um dos militares como exonerado da instituição. O autor foi levado para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos), bem como a caminhonete.

Outros suspeitos - “A Hilux já foi devolvida para a vítima, após a instauração do inquérito policial. Estamos apurando o envolvimento dele em outros crimes e buscando prender outros três suspeitos. Beltran prestará depoimento ainda esta semana”, afirma a delegada Maria de Lourdes Cano, responsável pelas investigações.

Beltran, que possui passagens por tráfico de drogas, lesão corporal dolosa, vias de fato, colocar em risco a vida de outros, além de exercício arbitrário das próprias funções, responderá pelo roubo em flagrante.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Mais um ex policial, vejam bem, esse bandidos não viram bandidos depois de sairem da policia, eles foram bandidos a vida toda, a policia tem que rever seus procedimentos para contratação e principalmente rever os procedimentos de investigação dos policiais que já estão no cargo, eles fazem uma investigação de antecedente e de tudo que a pessoa faz antes deles entrarem na policia e depois não fazem nunca mais, só que o grande lance é que eles viram bandidos quando estão na policia, então todo ano ou a cada dois anos, tinha que haver uma investigação minuciosa dos policiais que já fazem parte da policia, porque se fizerem isso, tenho certeza que no mínimo metade vai pra rua, que é outro agravante, deveria ir para a cadeia e não ter foro privilegiado.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 15/05/2014 13:00:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions